Compartilhar:

O MRN abre aspas para os jogadores do Flamengo após o título da Recopa Sul-Americana

Na noite da última quarta-feira (26), o Flamengo venceu o Independiente del Valle por 3 a 0 e sagrou-se campeão da Recopa Sul-Americana. Foi o sexto título internacional do rubro-negro, e o primeiro conquistado no Maracanã. Gabigol e Gerson (duas vezes) marcaram para o clube da Gávea.

CRÔNICA COMPLETA

SEJA SÓCIO TORCEDOR

O JOGO

Jorge Jesus mandou a campo a seguinte escalação: Diego Alves; Rafinha, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão (expulso), Gerson, Everton Ribeiro (Michael), Giorgian De Arrascaeta (Vitinho), Pedro (Thiago Maia) e Gabriel Barbosa.

Os equatorianos do Independiente del Valle iniciaram a partida tendo mais posse de bola, porém sem efetividade. O Fla quando chegava, levava perigo, e não demorou muito para Gabigol abrir o placar aos 19, após falha no sistema defensivo do adversário.

O jogo parecia controlado, quando o volante Willian Arão faz uma falta dura no meio-campo aos 23 minutos e é expulso. A partir de então, o Del Valle tomou conta das ações e tentou pressionar o Flamengo, sem sucesso. O primeiro tempo terminou 1 a 0 para o Mais Querido.

No segundo tempo, o Fla melhorou e começou a incomodar nos contra-ataques. Em um deles, Gabigol arrancou, cruzou para a área e Gerson ampliou.

Aos 41 minutos, o atacante Cabeza foi expulso, igualando assim o número de jogadores por equipe, e ainda deu tempo de Gerson fazer seu segundo no jogo, terceiro do Flamengo, após linda jogada de Michael e Vitinho. Fim de jogo, Fla 3 a 0.

ENTREVISTAS NA ZONA MISTA

Thiago Maia sobre entrar após a expulsão de Willian Arão:

“Para jogar no Flamengo tem que estar preparado pra tudo. Primeiro tempo entrei em uma fogueira, mas fiquei feliz, porque jogamos com companheiros que nos ajudam. Esse título foi pra ele (Arão).

Gerson sobre a experiência de jogar boa parte da final com um a menos:

“Jogo muito dificil. Perdemos um jogador e o Mister também nos treina assim, com um a menos, para estarmos preparados. Soubemos aproveitar as oportunidades e fizemos os gols”.

Léo Pereira sobre seu início no Flamengo:

“É uma equipe muito qualificada. Eu sabia para onde estava vindo, das competições que viriam pela frente e estou muito feliz por estas conquistas e espero que venha muito mais pela frente”.

Gabigol sobre relacionamento com Jorge Jesus:

“Um cara muito especial para mim, tem ajudado a todos. Eu amo ele. Como treinador ele dá bronca, xinga, discutimos, mas sabemos que é para o nosso bem”.

Filipe Luís elogia variação tática da equipe:

“O time teve que ir para trás (após a expulsão do Arao), e defendemos de forma compacta, saímos jogando no contra-ataque, como também somos perigosos. Nosso time não tem uma forma de jogar, temos mais.

Crédito de imagem destacada: Divulgação/Flamengo

Sobre mim:

Twitter: @Yago_Martins23 | 22 anos, passagens por Rádio RPC, jornal Ilha Notícias e TV Ilha Carioca.

Compartilhar: