O treinador do time equatoriano destacou o bom desempenho da sua equipe durante a temporada e enxerga os rubro-negros como inferiores no confronto

MRN Informação | Bernardo Moreira

Antes que o jogo que seria nesta terça-feira (22) fosse adiado e reconfirmado em outro estádio, o técnico do Barcelona de Guayaquil, adversário do Flamengo na Copa da Libertadores pela fase de grupos, destacou o enfraquecimento do elenco do clube carioca nesta temporada em relação ao ano passado.

“Eles perderam três jogos antes de viajar ao Equador. No ano passado, isto não estava acontecendo. Não era assim. Hoje, o Flamengo cede mais espaços e cede mais gols. É um time distinto do que foi no ano passado”, relatou o Fabián Bustos em entrevista ao jornalista Paulo Vinícius Coelho.

Bustos também elogiou a boa forma do seu time e diz estarem muito melhores do que no último confronto das duas equipes no início do ano. “Estamos bem mais fortes do que quando fomos ao Maracanã, em março. Porque estávamos começando o trabalho e, mesmo com a pandemia, agora há muito mais conhecimento dos jogadores do estilo de jogo e de como pretendemos crescer”, avalia o treinador, que relata o bom desempenho dos atletas com sua filosofia de jogo agressivo e espera boa atuação contra o Flamengo.

O Comitê de Emergência de Quayaquil e a prefeita da cidade, Cynthia Viteri, pediram a suspenção da partida. Os rubro-negros já contavam com os desfalques de sete jogadores por causa do coronavírus.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.