Palmeiras ou Grêmio? Confira as maiores vítimas de Gabigol com o Flamengo

Rafael Sacharny
Jornalista carioca formado pela FACHA, 25 anos e pós-graduado em Jornalismo Esportivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Rafael Sacharny – “Fazendo história, tipo revista em quadrinho”. A frase usada como legenda em uma das postagens de Gabigol nas redes sociais revela a vontade do jogador de realmente entrar nos livros de histórias sobre o Flamengo. Com o título da Supercopa do Brasil, o atacante já acumula oito conquistas em apenas dois anos de clube.

Além disso, Gabi é sempre um dos destaques de cada troféu, tanto com seus gols importantes, quanto no seu comportamento dentro e fora de campo. A torcida cada vez mais idolatra o atacante que bateu mais um recorde no último domingo, 11. Ao balançar as redes diante do Palmeiras, na final da Supercopa do Brasil, o atacante se isolou como o maior artilheiro do Flamengo no século XXI. O camisa 9 chegou à marca de 74 gols em 106 partidas pelo Rubro-Negro, superando o ex-jogador Renato Abreu, com 73. 

Aliás, o gol do atacante foi essencial, já que recolocou o Flamengo na partida, contra os paulistas. Aos 22 minutos do primeiro tempo, Filipe Luís fez grande jogada dentro da área e acertou a trave. Contudo, a bola sobrou limpa para Gabriel, que bem posicionado, só empurrou para o fundo do barbante, igualando o placar.

Como resultado, Gabigol anotou pela quinta vez um gol contra o Palmeiras, fazendo do rival a maior vítima do atacante com a camisa do Flamengo. De acordo com o SofaScore, o camisa 9 tem também cinco gols contra o Grêmio e contra o Madureira. Para completar a lista de maiores vítimas, Fortaleza e Goiás vem logo em seguida, com quatro gols sofridos.

Voando alto! 

A decisão do último domingo foi apenas o quarto jogo de Gabigol na temporada. Aliás, o artilheiro do Rubro-Negro iniciou o ano com mais preparo físico e parece estar focado para mais uma vez buscar os prêmios individuais e, claro, os títulos. Em 2021, o atacante já marcou em quatro oportunidades até aqui, ou seja, uma média de um gol por jogo. A única vez em que a bola não entrou foi no empate do Flamengo com o Boavista pelo Carioca, estreia de Gabi na temporada.

No entanto, de lá para cá, o atacante balançou as redes contra o Bangu, na segunda partida em que esteve em campo pelo Carioca. Já na goleada por 5 a 1 contra o Madureira, anotou duas vezes para o Mengão.

Na próxima partida, contra o Vasco, pelo Estadual, o camisa 9 deve estar em campo novamente para ampliar seu recorde e fazer mais uma vítima em campo. O jogo está marcado para quinta-feira, 15, às 19h30, no Maracanã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs