Compartilhar:

A partida marcada para esta quarta-feira, às 20h30 entre Flamengo e Atlético Goianiense, pode ser adiada. De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), quatro jogadores da equipe goiana testaram positivo para Covid-19 e estão fora do confronto. Estes mesmos atletas treinaram durante toda a semana com o elenco do Atlético, fato este que coloca a realização da partida em dúvida.

O Atlético ainda estuda o caso e avalia se entrará com o pedido para o adiamento da partida junto ao STJD, ou não.

Tudo está sendo estudado por diretoria, comissão técnica, departamento jurídico e departamento médico“, disse o presidente do clube goiano, Adson Batista, ao jornalista do jornal O Dia, Venê Casagrande.

A delegação do Flamengo, que deixou o Rio de Janeiro nesta terça, já se encontra na cidade do confronto. Na chegada em solo goiano, o vice de futebol do clube, Marcos Braz, se disse surpreso com a notícia: ”Ninguém sabe de nada. A gente acabou de chegar, todo mundo acabou de jantar. Um pouco mais tarde terá uma conversa feita pela comissão técnica, tudo normal, concentração para o jogo. Mas a gente não está sabendo de nada, isso aí é surpresa pra mim”, revelou Braz ao canal Paparazzo Rubro-Negro.

Domènec Torrent para a partida contra o Atlético terá a volta do meia Diego Ribas, que foi poupado na primeira rodada por apresentar um quadro de virose. O meia foi relacionado e está com a delegação em goiana. Outra expectativa é que o zagueiro Gustavo Henrique seja titular ao lado de Rodrigo Caio. Léo Pereira pode ser sacado da equipe de Dome.

Diferente do Flamengo, o Atlético-GO não jogou a primeira rodada do Brasileirão. A partida contra o Corinthians foi adiada, já que a equipe paulista no mesmo final de semana disputava a final do Estadual de São Paulo.

Créditos de imagem destacada: Divulgação/Flamengo

Compartilhar: