Por onde andam os últimos 15 treinadores do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

O Mundo Rubro Negro traz um levantamento dos últimos 15 comandantes passaram pelo Flamengo

MRN Informação | Yago Martins – Twitter: @YagoM23

Em mais uma matéria especial do MRN, trazemos uma lista de recordação para a torcida do Flamengo. Você se lembra quais foram os últimos 15 treinadores que o Rubro-Negro teve na beira do campo? Prepare-se para viajar no tempo e descobrir várias curiosidades.

Leia também: Flamengo? River? Empresário de De La Cruz indica futuro do meia

Domènec Torrent

domenec flamengo
Foto: Divulgação

O catalão ficou três meses no cargo de treinador do Mais Querido. Teve 14 vitórias, quatro empates e seis derrotas – aproveitamento de 64,1%. Segue curtindo suas férias no Rio e sem clube.

Jorge Jesus

Jesus Flamengo
Foto: Divulgação

Com um ano de Flamengo, o ”Mister” conquistou cinco títulos: Libertadores de 2019, Campeonato Brasileiro de 2019, Supercopa do Brasil de 2020, Recopa Sul-Americana de 2020 e Campeonato Carioca de 2020. Deixou o clube em julho, após receber uma oferta do Benfica, onde permanece trabalhando. No Fla foram 44 vitórias, 10 empates e apenas quatro derrotas – aproveitamento de 81,6%.

Abel Braga

abel braga
Foto: Divulgação

Campeão Carioca de 2019 no clube, Abel não suportou a pressão da torcida por melhor desempenho da equipe em campo e pediu demissão. Foram 19 vitórias, oito empates e cinco derrotas – aproveitamento de 62,4%. Atualmente, o treinador está no Internacional.

Dorival Junior

dorival flamengo
Foto: Divulgação

Desde sua saída do Flamengo no final de 2018, Dorival trabalhou apenas no Athletico-PR, onde foi demitido no ano passado por resultados ruins. O técnico está livre no mercado, e deixou o Fla com sete vitórias, três empates e duas derrotas – aproveitamento de 66%.

Maurício Barbieri

barbieri flamengo
Foto: Divulgação

Demitido após eliminação contra o Corinthians na semifinal da Copa do Brasil de 2018, Barbieri atualmente comanda o Red Bull Bragantino. No Flamengo foram 17 vitórias, 12 empates e sete derrotas – aproveitamento de 58,3%.

Paulo César Carpegiani

Foto: Divulgação

Anunciado como diretor técnico em janeiro de 2018, Carpegiani assumiu como treinador de forma inesperada após Reinaldo Rueda deixar o clube. Foi demitido com a eliminação no Carioca contra o Botafogo e em 17 partidas no comando da equipe, obteve 11 vitórias, três empates e três derrotas – aproveitamento de 76,6%. Atualmente está sem clube.

Reinaldo Rueda

flamengo Reinaldo Rueda
Federação Chilena / Divulgação

Contratado cercado de expectativas, Rueda classificou o Flamengo para a fase de grupos da Libertadores de 2018 via Brasileirão, mas nas duas finais que disputou com a equipe, perdeu o título: Copa do Brasil contra o Cruzeiro e Sul-Americana frente ao Independiente. No Flamengo foram 13 vitórias, 10 empates e oito derrotas – aproveitamento de 52,7%. Atualmente comanda a Seleção Chilena.

Zé Ricardo

ze ricardo coletiva
Foto: Divulgação

Campeão Carioca em 2017 pelo Flamengo, e colocando o time na disputa do título Brasileiro em 2016, depois de quatro anos, Zé à frente do Flamengo teve 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas – aproveitamento de 62,2%. Chegou a flertar com o Vasco na última semana, mas continua sem clube.

Muricy Ramalho

Foto: Divulgação

Nome apostado por Bandeira de Mello para mudar o clube de patamar, Muricy foi demitido após as eliminações no Carioca e Copa do Brasil de 2016. Foram 13 vitórias, seis empates e sete derrotas – aproveitamento de 58%. Após a saída do Rubro-Negro, se aposentou.

Oswaldo de Oliveira

Oswaldo de Oliveira retorna ao Flamengo Foto Divulgação
Foto: Divulgação

Após um começo promissor, onde deixou a torcida do Flamengo sonhando com G-4 em 2015, Oswaldo de Oliveira deixou o clube no fim do ano com um desempenho melancólico. O clube perdeu 19 partidas no Brasileiro (recorde na história do Fla), e terminou sem conquistas. Foram oito vitórias, três empates e sete derrotas – 50% de aproveitamento. Atualmente está sem clube.

Cristóvão Borges

Foto Gilvan de Souza/Flamengo

Com mais resultados negativos do que positivos, Cristóvão tem um dos piores aproveitamentos da lista – cerca de 46,3%. Foram oito vitórias, três empates e nove derrotas. Atualmente está sem clube.

Vanderlei Luxemburgo

flamengo luxemburgo
Foto: Divulgação

Após salvar o Flamengo do rebaixamento em 2014, Luxa chegou no ano seguinte cheio de moral com a diretoria e a torcida. No entanto, o desempenho fraco no Carioca já foi o suficiente para a demissão do treinador. Foram 32 vitórias, 11 empates e 14 derrotas – aproveitamento de 60,5%. O técnico atualmente trabalha no Vasco.

Ney Franco

ney franco
Foto: Divulgação

Ney durou apenas sete jogos no comando técnico do Flamengo em 2014. É o que apresenta os piores números na lista, com três empates e quatro derrotas. Após deixar o Cruzeiro, está sem clube.

Jayme de Almeida

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Campeão da Copa do Brasil em 2013 e Carioca em 2014, Jayme conquistou seu espaço no coração da torcida do Flamengo. No entanto, as derrotas fizeram a diretoria do Flamengo tomar a decisão de demiti-lo no ano da conquista do Estadual. Foram 27 vitórias, 12 empates e 11 derrotas – aproveitamento de 62%. Jayme segue sem clube.

Mano Menezes

Mano Menezes demitido
O treinador Mano Menezes foi demitido do cargo após derrota de virada para o Flamengo. (Divulgação)

Último técnico em nossa lista, Mano foi outra cartada que não deu certo da gestão Eduardo Bandeira de Mello. O técnico chegou ao Flamengo após deixar a Seleção Brasileira, mas sua saída do Mais Querido não foi digerida até hoje dentro do clube. Mano pediu demissão do Rubro-Negro alegando que não conseguia passar para os jogadores o que pensava sobre futebol. Foram nove vitórias, seis empates e sete derrotas – aproveitamento de 50%. Após perder para o Fla atual de Rogério Ceni, foi demitido pelo Bahia e está sem clube.

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs