Prefeitura do Rio prorroga restrições e Flamengo x Madureira vai para outra cidade

MRN Informação | Bruno Guedes – A Prefeitura do Rio de Janeiro prorrogou as restrições visando combate à Covid-19. Portanto, seguem proibidos os jogos na cidade até o dia 8 de abril. Por este motivo, a partida entre Flamengo e Madureira foi remarcada para esta segunda-feira, 5, em Volta Redonda. O pontapé inicial será às 21h.

LEIA MAIS: Olho neles: 5 promessas do Flamengo que podem brilhar em 2021

O duelo entre as equipes estava adiado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) à espera de uma definição. A ideia era que o jogo fosse para o Maracanã após o fim das medidas restritivas municipais. Entretanto, por falta de datas e a Supercopa do Brasil onde o Flamengo encara o Palmeiras dia 11 de abril, foi definido para fora do Rio.

O clássico contra o Vasco da Gama também precisou ser cancelado. Ainda sem data, a previsão é de que caso não haja liberação de partidas em estádios cariocas, o jogo vá para Brasília, no Mané Garrincha. A data prevista para o encontro dos rivais é 14 ou 15 de abril.

Flamengo acompanha o decreto da Prefeitura do Rio

- Advertisement -

Em entrevista coletiva no último dia 22, Eduardo Paes, Prefeito do Rio, e Alex Grael, de Niterói, anunciaram que durante 10 dias apenas serviços essenciais estariam funcionando. As medidas visam combater o avanço da Covid-19. Assim, o Campeonato Carioca também entrava na lista de paralisações.

O decreto saiu no Diário Oficial no dia 23. De acordo com Paes, a decisão foi difícil mas necessária. Neste momento, os leitos de UTI da região metropolitana do Rio de Janeiro estão quase todos ocupados:

“A gente fez tudo pra que nós não tivéssemos que tomar essas medidas. Mas as medidas são necessárias. Não é prender as pessoas em casa, mas contar com o bom senso dos cidadãos.”, disse o prefeito do Rio de Janeiro.

Apesar dos esforços das principais cidades do Estado, outros municípios não se manifestaram sobre o assunto ainda. O Flamengo acompanha o caso.

É esperado que o Governador do Rio, Cláudio Castro, também amplie as restrições. Entretanto, o Campeonato Carioca não deve entrar nesta lista.

Eduardo Paes lamentou a falta de união entre os demais prefeitos. Mas fez um apelo à população:

“O apelo que eu faço aos cariocas é: temos que cuidar do próximo. Ninguém aqui é negacionista da tragédia social ou dos desafios econômicos”, revelou o prefeito.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here