Presidente do Corinthians vai à CBF; dirigente reclama do Flamengo

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com. Siga no Twitter: @EuBrguedes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Bruno Guedes – O jogo entre Flamengo e Corinthians no último domingo, 15, parece que não terminou ainda. Duilio Monteiro Alves, presidente do Timão, foi à sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na última quinta-feira, 18. O dirigente já havia contestado o gol de Gabigol, que deu a vitória ao Mais Querido por 2 a 1.

A informação foi confirmada pela própria CBF em seu site oficial. Duílio esteve acompanhado por Roberto de Andrade, Diretor de Futebol do Corinthians, e Alessandro Nunes, Gerente de Futebol do Timão.

LEIA MAIS: Record acerta valores e tempo de contrato para transmissão do Carioca; veja os números

Após a derrota, Duilio usou as redes sociais para protestar contra o gol de Gabigol. Segundo o presidente do clube paulista, ele iria à CBF:

“Diante do que vimos ontem no Maracanã, voltamos a protestar à CBF, pedindo de novo os áudios e imagens do VAR para verificar a linha traçada no segundo gol do Flamengo e os amarelos dados sem critério. É o que sempre fazemos, quando o clube se sente prejudicado”, disparou.

Entretanto, por conta do recesso de Carnaval, o próprio presidente havia dito que não poderia ir à sede da entidade naquele momento. Mas que enviaria um ofício:

“Só não fui pessoalmente à CBF porque a entidade está em recesso, mas já enviei o ofício. Estarei lá ainda nesta semana. Deixo claro: o Corinthians JAMAIS aceitou e NUNCA vai aceitar passivamente esses erros. Queremos gente gabaritada nos jogos finais e exigimos critério igual a TODOS”, escreveu, usando as letras em caixa alta para destacar a indignação.

CBF diz que visita não teve como tema a partida contra o Flamengo

Em matéria no site oficial da entidade, o presidente do Corinthians falou sobre a visita. Contudo, negou que tenha abordado o VAR e reclamado pela partida:

“Fomos muito bem recebidos aqui, pelo Presidente, pelo Walter Feldman, visitamos alguns amigos, como o professor Tite. Falamos um pouquinho sobre o futebol brasileiro, em um cenário de pandemia, de mais um ano que se inicia de forma diferente e o que nos espera. Foi muito proveitoso”, destacou Duílio.

O texto também diz que entre os temas da reunião estiveram o desenvolvimento do futebol brasileiro e de suas competições. Entretanto, o encontro também contou com a presença de Walter Feldman, Secretário-Geral da CBF, Tite, técnico da Seleção Brasileira, e Juninho Paulista, Coordenador da Seleção.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs