Compartilhar:

Erick Viana, da equipe MRN Informação

O presidente do Santos, José Carlos Peres, entrou no bolo que engrossa a ideia de que o Flamengo vem sendo favorecido pelo árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro. A frase principal foi: “Se depender do VAR, o Flamengo será campeão”, em entrevista concedida à rádio Energia 97 FM, durante o programa Estádio 97.

Os rivais do Mais Querido do Mundo que brigam pelo título de campeão brasileiro parecem começar a pensar no que dizer caso o Rubro-Negro conquiste a taça. O primeiro foi Maurício Galliote, presidente do Palmeiras, que alegou, em tom de ironia, que o VAR é desligado durante as partidas do Fla.

Jogando o melhor futebol do Brasil, o clube da Gávea desperta reações e teorias da conspiração justamente nos executivos das equipes que brigam para vencer a competição nacional. Frases de presidentes transmitem o pensamento da instituição que defende. Confira a dos santistas:

“Se depender do VAR, o Flamengo será campeão. Flamengo não é culpado, queria estar no lugar do Flamengo. VAR veio ajudar, mas é a mesma coisa de dar um Porsche para quem não sabe dirigir.”

É mais uma acusação séria dita em público, e que não é levada à confederação, como deveria ser feito caso acreditassem nisso. O presidente não citou nenhum lance em específico, deixando sua contestação fraca e sem embasamento, e ainda deu abertura para diferentes interpretações sobre o seguinte trecho: “queria estar no lugar do Flamengo.”

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: