Compartilhar:

Na primeira atividade do elenco principal na temporada, o técnico Jorge Jesus dividiu o grupo em dois times para a realização de um treinamento em campo reduzido. E deu preferência a quem já estava no elenco no ano passado para suprir a ausência de titulares de 2019 que não participaram da atividade.

Com Gabigol ainda não recontratado, Marí voltando da Inglaterra e Rafinha chegando após o início das atividades, o time de colete, ou titular, teve Berrío improvisado na lateral-direita, Thuler na zaga e Lincoln no ataque — foi justamente o jovem que marcou os dois únicos gols do treinamento. Diego Alves também não participou da atividade da manhã; César foi o goleiro. O time formou, portanto, com César, Berrío, Rodrigo Caio, Thuler e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Lincoln.

Os novos reforços contratados para a temporada participaram do outro time, sem colete, ou reserva, por assim dizer. A equipe foi escalada com Hugo Souza; Matheuzinho, Gabriel Noga, Gustavo Henrique e Renê; Piris da Motta, Thiago Maia, Diego e Vitinho; Michael e Pedro. Pedro Rocha ficou na academia.

As presenças de Matheuzinho e Gabriel Noga chamam a atenção. O lateral-direito foi titular nos dois primeiros jogos do time alternativo do Flamengo na temporada, mas perdeu a posição para João Lucas na partida contra o Macaé. Já Noga, de apenas 17 anos, e com passagens pelas seleções de base, sequer faz parte do grupo que está disputando a Taça Guanabara.

O time voltará a treinar na parte da tarde.

Compartilhar: