28.4 C
Rio de Janeiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

Primeiro reforço? Flamengo inicia contato com meia que atua em Portugal

Reforços para 2021 já estão sendo discutidos dentro do Flamengo

MRN Informação | Yago Martins – Twitter: @YagoM23

Sete pontos atrás do São Paulo, mas ainda sonhando com o título Brasileiro, o Flamengo já começa a vislumbrar novas contratações para a próxima temporada. E nos últimos dias, o departamento de scout do Mais Querido indicou à Marcos Braz e Bruno Spindel o meia argentino Jorge Correa, que atua no Marítimo de Portugal. A informação foi dada em primeira mão pelo Uol.

Correa tem 27 anos, e já está na terceira temporada seguida em solo português. O meia que se destacada pela versatilidade no meio-campo e boa finalização, possui contrato com seu atual clube até junho de 2021, e a partir de janeiro pode assinar um pré-vínculo com o Flamengo.

A negociação como atleta que foi revelado pelo Vélez Sarsfield, da Argentina, clube que defendeu entre 2013 e 2017, está em estágio inicial. Para o setor, Rogério Ceni atualmente conta com Diego Ribas, Pepê, Everton Ribeiro e Arrascaeta.

Leia também: Veja quantos pontos faltam para o Flamengo se classificar para a Libertadores

Sem Jorge Correa, o Flamengo apenas empatou com o Fortaleza no último sábado, em jogo que marcou a despedida de 2020. Relembre como foi a partida.

O jogo iniciou com as duas equipes se estudando bastante, e demorou para uma jogada de perigo acontecer. A primeira chance do Flamengo foi aos 13 minutos, Gerson lançou Renê, que escorou é Bruno Henrique finalizou com perigo à trave de Felipe Alves. Já amarelado, aos 23 Isla cometeu uma falta próximo à lateral fazendo os atletas adversários pedirem a expulsão do atleta, mas nada foi marcado.

No minuto 38, Pedro aplicou um bonito lençol em cima de Jackson e foi puxado pelo zagueiro do Fortaleza. Pênalti marcado e amarelo dado para o defensor cearense. Na batida, o artilheiro marca, porém escorrega e o juiz invalida o gol por Pedro ter batido com o pé duas vezes na bola.

Na etapa complementar, Rogério Ceni mexeu na equipe e João Lucas entrou no lugar de Isla. No entanto, o mesmo problema da primeira etapa permaneceu na segunda parte do jogo, com o Flamengo tocando bola de um lado para o outro sem objetividade. Aos 26, Ceni trocou Arão e Everton Ribeiro por Diego e Vitinho, porém o Mais Querido persistiu com as mesmas dificuldades. A última tentativa de Rogério foi propor a entrada de Pepê no lugar de Arrascaeta, mas não deu tempo para mais nada. Um fraco 0 a 0 marcou o placar final do jogo.

Notícias do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs