A TV MRN conversará com o grupo Flamengo Da Gente, neste sábado, dia 23, às 19h.

Hoje entrevistamos Thiago Senninha e Carol Rocha, do Flamengo da Gente, grupo que em 2019 lançou manifesto cobrando transparência do Flamengo nas investigações da Tragédia do Ninho.

O grupo é formado por sócios, conselheiros e torcedores que lançaram a campanha “Nós Não Esquecemos”, ainda no ano passado, causando divergências com o clube. Mais recentemente o Flamengo da Gente bateu de frente com a atual gestão ao não apoiar o retorno de atividades no Ninho do Urubu, diante do avanço da COVID-19, além de criticar o encontro de Rodolfo Landim e Jair Bolsonaro na última terça feira.

Na tarde do dia 22, o grupo publicou em suas mídias uma série de questionamentos acerca da aproximação da diretoria com o presidente da República e da volta aos treinos em meio a pandemia.

Veja também: TV MRN: Diplomatas do Mengão, com Marcelo Hallais

Nesta última semana o Brasil tornou-se o mais novo epicentro da pandemia do novo coronavírus no mundo. Desde que a Organização Mundial da Saúde decretou o alerta sobre a doença e os gravíssimos efeitos na população, países reagiram de diferentes maneiras.

O Brasil tem mais de 20 mil mortes e 270 mil contaminados, sem levar em conta as subnotificações. No Flamengo, o massagista Jorginho, funcionário mais antigo do departamento de futebol morreu por causa da covid-19.

Vamos falar disso tudo e mais um pouco: a tragédia do Ninho, a democratização das eleições do Flamengo, a popularização do sócio-torcedor, e até a luta para a manutenção da memória do atleta Stuart Angel, morto pela ditadura, e que a atual diretoria parece desconsiderar. 

A entrevista poderá ser acompanhada aqui no MRN a partir das 19 horas, ou acessada após a transmissão no canal da TV MRN.