Compartilhar:

A negociação entre Flamengo e o espanhol Domènec Torrent está próxima de um final feliz para o rubro-negro, porém, quando o vice de futebol Marcos Braz estava com viagem marcada para Portugal, na intenção de conversar com o português Carlos Carvalhal, o lateral-direito Rafinha brincou com o dirigente do clube.

Os caras são malandros pra caramba. Eu falei para o (Marcos) Braz: “Pô, você só vai para Portugal, véi. Sabe falar outro idioma, não (risos)? Vai lá pra Inglaterra, Espanha, Itália”, disse Rafinha, em participação no programa ”Boleiragem”, do canal SporTV, cuja a íntegra vai ao ar no próximo domingo. Assista o vídeo.

Em outros trechos de sua entrevista, o jogador do Flamengo contou que nenhum dirigente do clube conversou com os jogadores para buscar informações sobre nomes de treinadores europeus.

A gente tem nosso grupo ali de jogadores mais velhos. O Diego, o Diego Alves e o Everton (Ribeiro) são os capitães, mas eu e o Filipe (Luís) estamos sempre ali auxiliando, sempre tem a nossa conversa onde a gente conversa. Mas essa escolha aí é mais da diretoria mesmo. Eles já acertaram com o Jorge Jesus, então são conscientes dessa parte. Se precisarem de uma informação ou outra, estamos sempre à disposição. Mas é mais a diretoria mesmo que decide essa questão”.

Sobre Domènec Torrent, o lateral que trabalhou com o espanhol no Bayern de Munique, aproveitou para revelar o apelido do técnico, e elogiou bastante o profissional.

Ele é um cara que sabe tudo. Era auxiliar do Guardiola, então eu o conheci como assistente do treinador. Cara, ele é da escola do Cruyff, começou na base do Barcelona, ele e Pep. Depois foram para o profissional e fizeram sucesso lá, depois no Bayern, no City, e agora ele tá de “primeiro”. Faz quatro anos que não tenho contato com ele, mas posso falar com propriedade que é um cara que sabe tudo de bola”.

Créditos de imagem destacada: Reprodução

Compartilhar: