Relembre a única partida da dupla Bebeto e Romário pelo Flamengo

MRN Informação | Paulo Oliveira— Ao longo de sua história, o Flamengo teve muitas grandes duplas de ataque em seus times. Atualmente, o Rubro-Negro tem Gabigol e Bruno Henrique encantando a Nação com gols decisivos e uma sintonia que parece ser única.

De fato, as lembranças costumam ser boas quando falamos das duplas de ataque do Mais Querido. Neste século já tivemos o “Império do Amor“, formado por Adriano e Vagner Love, e mais recentemente Hernane Brocador e Paulinho destruindo na Copa do Brasil 2013.

Entretanto, hoje vamos programar a máquina do tempo para os anos 90 para falar de uma das duplas de ataque mais marcantes do futebol mundial, mas que não marcou muito no Flamengo.

Trata-se da lendária dobradinha de Romário e Bebeto, destaques da conquista do tetra campeonato mundial com a seleção brasileira em 1994.

Após a conquista da Copa, em 1995, Romário chegou ao Rio de Janeiro como a principal contratação do Flamengo para o ano de seu centenário. Apesar de um bom desempenho individual do “baixinho”, o Fla não alcançou as glórias esperadas em 95.

O camisa 11 chegou a deixar O Mais Querido em junho de 96 rumo ao Valência, porém, retornou dois meses depois após se desentender com o técnico Luis Aragonés.

Veja mais: Mais uma vez: Arrascaeta ironiza discurso de Sormani: ‘Falando muito’

E leia também: Roger Machado fala sobre pontos fracos do Fluminense e time para a final

Antes mesmo do retorno de Romário, o Flamengo já havia presenteado sua torcida com a repatriação de Bebeto, craque formado na base rubro-negra, tetracampeão brasileiro pelo Mengo, e que vinha de passagem histórica na Espanha pelo La Coruña.

Ainda que estivesse fresco na memória de muitos rubro-negros a polémica ida do “baianinho” para o Vasco. Contudo, a ansiedade para ver a brilhante dupla em campo ultrapassava o sentimento de desconfiança.

As contratações do segundo semestre de 96 encheram os torcedores de expectativa para a reedição da dupla que brilhou na Copa do Mundo. Essa seria, até então, a primeira vez que os craques jogariam juntos representando um clube.

A reedição da dupla

A tão aguardada estreia foi contra o Internacional, clube que havia sofrido com Bebeto em 1987, quando marcou o gol do título brasileiro do Mengão sobre os Colorados.

Então, no dia 26 de outubro de 1996, o Maracanã lotado aguardava a reestreia de Romário com a camisa do Flamengo e a reedição da dobradinha que já havia dado muitas alegrias para o povo brasileiro anos antes.

O Flamengo conseguiu abrir o placar no primeiro tempo com um bom chute de Nélio, que venceu o goleiro André. Ainda na primeira etapa, o Fla sofreu uma grande baixa quando Romário sentiu fisgada na perna e pediu para ser substituído.

A partir daí, a equipe gaúcha cresceu no jogo e conseguiu virar com dois gols de Fabiano Souza, que saiu do banco e garantiu a vitória do Inter. Essa foi a primeira e última vez que o torcedor do Flamengo viu Bebeto e Romário vestindo o manto sagrado juntos.

Romário seguiu seu processo de recuperação enquanto Bebeto foi negociado ainda durante a disputa do Brasileirão daquele ano, pondo fim de forma melancólica a sua segunda passagem pelo Flamengo.

Paulo Oliveira no Twitter

Notícias do Flamengo

Blogs