Renato Gaúcho comemora nova arma do Flamengo e dispara: ‘Atuação de gala’

Renato Gaúcho celebrou a “nova arma do Flamengo” na vitória por 3 a 1 sobre o Juventude, pelo Campeonato Brasileiro. Após a partida desta quarta (12), realizada no Maracanã, o técnico chamou Andreas Pereira de diferenciado. No entanto, rasgou elogios à atuação do time, chamando de “45 minutos de gala”.

- Advertisement -

LEIA MAIS: Ex-Flamengo detona declarações de Jorge Jesus e faz previsão pessimista para o Brasil

De acordo com o treinador, agora o Rubro-Negro passa a ter mais uma arma contra o adversário. Mas comemorando o desempenho de Andreas Pereira, Renato Gaúcho chamou a jogada de mortal:

- Advertisement -

”O Andreas é um jogador diferenciado. Ele tem uma batida na bola muito boa e isso vai nos ajudar bastante. Além de ter feito um golaço, é importante ter esse jogador em campo, porque os adversários vão sempre pensar duas vezes em fazer faltas perto da área. Então é mais uma jogada mortal que a gente tem. É importante termos na equipe jogadores que batem bem na bola, é mais uma qualidade que ganhamos”, afirmou o técnico do Flamengo.

Depois de 1221 dias, a equipe voltou a marcar um gol de falta. Renato Gaúcho celebrou a quebra do tabu lembrando de outros craques especialistas no assunto:

”Fico feliz por termos quebrado mais esse tabu. Eu me lembro do Zico fazendo esses gols de falta, do Dinamite. E foi um golaço. A gente sabia que uma hora a bola ia entrar. Mais uma preocupação para o adversário quando encarar o Flamengo”, explicou o treinador.

Renato Gaúcho diz que Flamengo fez atuação de gala no primeiro tempo

O técnico vinha sofrendo críticas pelo baixo desempenho do Flamengo nas últimas partidas. Entretanto, desta vez, Renato Gaúcho foi para o ataque. Segundo ele, a equipe teve uma atuação de gala na primeira etapa:

“Padrão de jogo o Flamengo tem. Só não vê quem não entende ou quem quer tumultuar o nosso ambiente. Mas eu vou falar uma coisa para vocês que eu nem deveria falar. Foi uma atuação de gala os primeiros 45 minutos”, disparou.

Outro jogador que teve boa atuação foi o atacante Kenedy. Contudo, Renato Gaúcho se disse surpreso com o fôlego do atleta na partida contra o Juventude:

“O Kenedy me surpreendeu. Há muito tempo que ele não começava uma partida. Venho trocando ideias com ele, estou soltando ele aos poucos. Fiquei feliz pelo gol que ele fez também. Um gol bonito também. Fez uma boa estreia começando uma partida. Sabia que ele não iria aguentar os 90 minutos. Falei que ele ia começar o segundo tempo e quando ele não aguentasse mais pediria para sair. Nosso combinado foi lá pelos 15, foi o que ele pediu”, explicou.

Ao final, comemorou o resultado que chamou de “difícil para se manter na disputa”:

“É sempre um jogo difícil pegar equipes que estão brigando pelo título e também pelo rebaixamento. Sabíamos que seria um jogo difícil. Mas eu acho que o grupo está de parabéns, competiu bastante e criou oportunidades. Enfim, conseguimos o objetivo que era os três pontos”, finalizou Renato Gaúcho.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

Precisamos do seu apoio para fazer o melhor site de jornalismo sobre o Flamengo. Clique AQUI e saiba como se tornar nosso apoiador!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here