Repórter argentina se derrete por Bruno Henrique: “Vira um Neymar”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Morena Beltrán, da ESPN Argentina, disse que Bruno Henrique se transforma em Neymar na Libertadores

MRN Informação | Yago Martins – Twitter: @YagoM23

A boa jogada de Bruno Henrique, que resultou em uma assistência para o gol de Gabriel Barbosa, no empate em 1 a 1 entre Racing e Flamengo no El Cilindro, foi bastante elogiada pela mídia argentina. Tanto é, que após o lance, a jornalista Morena Beltrán, da ESPN, publicou em suas redes sociais que em jogos de Libertadores, o camisa 27 da Gávea “se transforma” em Neymar. Confira.

O jogo

Racing: Gabriel Arias; Alexis Soto, Fabricio Dominguez, Nery Dominguez, Leonardo Sigali e Eugenio Mena; Matias Rojas, Leonel Miranda e Nicolás Reniero; Héctor Fertoli e Lisandro López

Flamengo: Diego Alves; Maurício Isla, Matheus Thuler, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol

Leia também: Voltam terça? Ceni comenta sobre retornos de Pedro e Rodrigo Caio

Nos 10 primeiros minutos, o jogo ficou sendo bastante estudado entre as duas equipes, com a bola ficando mais com o Racing. Mas a chave virou aos 13, após boa jogada na direita, Fergoli abriu o placar para o clube argentino: 1 a 0.

A alegria do Racing durou pouco, no minuto 15, Bruno Henrique puxou um contra-ataque, tocou para Gabigol que empatou o jogo: 1 a 1. O Flamengo quase virou aos 32 com BH. O camisa 27 cortou pro meio, finalizou forte e a bola bateu no travessão. Mas o 1 a 1 foi até o final do primeiro tempo.

Na etapa complementar, as duas equipes retornaram sem alterações e aos 49 minutos de jogo, Lisandro Lopez fez um gol anulado pelo árbitro, que marcou falta em Everton Ribeiro. Como o Flamengo não voltou bem, Vitinho foi escolhido por Ceni para entrar no lugar de Gabigol, aos 57. O gol anulado do Fla foi aos 59, Vitinho recebeu em impedimento e tocou para Arrascaeta balançar as redes. Seguiu 1 a 1. Em uma boa triangulação na esquerda, Filipe Luís cruzou e Everton Ribeiro de cabeça quase virou para o Mais Querido aos 72. O Fla teve outra chance aos 75, Arrascaeta achou o Vitinho por dentro, e o camisa 11 finalizou com perigo.

Porém, o momento do jogo virou quando Thuler foi expulso após uma entrada violenta, aos 81 minutos. Após a expulsão, Everton Ribeiro e Arrascaeta saíram para as entradas do volante João Gomes e do meia Diego Ribas. Para segurar um pouco mais o sistema defensivo, Gustavo Henrique entrou no lugar de Renê aos 93 minutos. E foi o que deu pra fazer para segurar o resultado: placar final, 1 a 1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs