Em plano de retomada da economia, anunciado no último dia 20, o governo do Rio de Janeiro inseriu como uma das pautas da programação o retorno do futebol.

Dentre os pontos que chamam atenção nesse planejamento de retorno gradual está a possibilidade de eventos esportivos com público de até 50% da capacidade dos estádio. Cabe ressaltar o exemplo da Alemanha, que mesmo com o retorno do campeonato alemão, mantém as atividades sem torcedores.

A medida vai ao encontro do que publicamente deseja o presidente Jair Bolsonaro, que apoia o retorno das atividades esportivas como suposta medida para intensificar o isolamento.

Veja também: Retorno aos treinos: jogadores apoiam, mas Prefeitura do Rio critica

O chamado pacto social pela saúde e pela economia do Rio de Janeiro prevê a retomada econômica do estado de junho a agosto. O estado do Rio de Janeiro já contabiliza mais de 30 mil casos de Covid19, e mais de 3400 mortes.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo