Rodolfo Landim comenta sobre possível volta de Jorge Jesus

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com. Siga no Twitter: @EuBrguedes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Bruno Guedes – Vivendo uma crise profunda no Benfica, Jorge Jesus voltou a ser assunto na Gávea. Em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta segunda, 1º, o presidente do Flamengo Rodolfo Landim afirmou que a volta do português não passa de desejo da torcida rubro-negra. De acordo com ele, Rogério Ceni permanece no cargo de treinador.

CONFIRA: Bola de Prata: Flamengo lidera seleção com quatro nomes; confira os vencedores

Segundo Landim, Ceni tem contrato com o Rubro-Negro e irá cumpri-lo. Assim como Jesus no time de Portugal:

“Flamengo tem contrato com o Ceni até 31 de dezembro, nós estamos muito felizes com ele. O time voltou a encaixar, voltou a jogar bem. A gente torce muito para o Jorge Jesus, ele foi muito importante e ficou marcado na história do Flamengo. Ele escolheu o caminho dele, de ir lá para Portugal. Ele tem contrato de dois anos lá.”, afirmou o presidente do Flamengo.

Sobre as especulações de uma possível mudança no cargo de técnico do clube, o mandatário rubro-negro rechaçou qualquer chance disso acontecer. E disse que todos estão felizes com Rogério:

“Eu não vejo possibilidade de ele sair, como todo mundo coloca. Nosso técnico é o Rogério Ceni e estamos felicíssimos com ele. Não só nós, mas os jogadores. Acho que temos um grupo unido e forte.”, disparou.

Rodolfo Landim rebate críticas ao trabalho de Rogério Ceni

Para o presidente, as oscilações do começo do trabalho de Rogério Ceni foram normais. Entretanto, na opinião de Landim, o treinador buscava achar uma equipe ideal:

“De fato, tinha esse aspecto do time ter encaixado. No início do trabalho, o Flamengo teve algumas atuações em que não foi bem, mas depois começou a encaixar. É natural, quando chega um técnico, que ele também queira fazer os testes dele, colocar suas ideias em campo”, completou.

LEIA MAIS: Tite diz que dois titulares do Flamengo podem estar na próxima convocação

Rodolfo lembrou os casos de Covid e lesões que prejudicaram a equipe do Flamengo no último semestre de 2020. Assim, defendeu o momento turbulento da época:

E durante muito tempo, ele não teve muitos jogadores que foram essenciais para ele. Nós tivemos problemas de lesão, com Arrascaeta muito tempo lesionado, na seleção, problemas com Gabigol. Era muito difícil manter isso, com um time base”, finalizou.

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

Notícias do Flamengo

Blogs