O comentarista criticou a substituição feita por Domènec contra o Bragantino e avisou para se acostumarem com o jeito do catalão

MRN Informação | Bernardo Moreira – Twitter: @bemofx

Durante a transmissão do Premiere, no empate entre Flamengo e Bragantino por 1 a 1, o comentarista Roger Flores irritou alguns torcedores rubro-negros. Domènec substituiu Pedro na volta para o segundo tempo e o ex-jogador criticou a mudança, dizendo que não haveria necessidade física para isso. O atacante, segundo o treinador, não tinha condições para jogar mais que 50 minutos. O confronto da última quinta-feira (15) foi o terceiro jogo em cinco dias e o artilheiro esteve em campo em duas das partidas.

Leia também: Flamengo tem que “tentar sobreviver” a sequência pesada de jogos, segundo jornalista da ESPN

Para o comentarista, pela posição de centroavante não ser de uma marcação forte, ele saberia “dosar” quanto de energia gastaria e deu recado a torcida do Flamengo. De acordo com o ex-jogador, os torcedores devem começar a se acostumar com o jeito do catalão de poupar jogadores. Ainda em outra situação do jogo, quando Éverton Ribeiro sentiu o joelho e foi substituído, Roger Flores comentou que seria uma grande preocupação para o clube e para a seleção brasileira uma lesão do jogador.

A repercussão foi grande nas redes sociais com a revolta de alguns torcedores rubro-negros acerca dos comentários de Roger Flores e Luiz Carlos Jr. na partida. No Twitter, diversos rubro-negros se manifestaram contrários às afirmações.

Veja: Zico critica a diretoria do Flamengo por atitude durante sequência de jogos

Na derrota sofrida por 5 a 0 para o Independiente Del Valle, no Equador, o comentarista também “cutucou” o técnico Domènec Torrent dizendo que o mesmo ainda “não tinha entendido” o Flamengo. “Ele ainda está com as convicções dele, que parecem que não vão funcionar”, disse.

*Créditos de divulgação da imagem: Alexandre Vidal / CRF*

Confira alguns dos tweets:

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.