Rogério Caboclo foi orientado a contratar Jorge Jesus e Marcos Braz, diz jornal

MRN Informação | Bruno Guedes – O presidente afastado da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, foi orientado por Ricardo Teixeira a contratar o técnico Jorge Jesus e o Vice-Presidente de Futebol do Flamengo, Marcos Braz. De acordo com a Folha de São Paulo, o ex-presidente da entidade sugeriu substituir Tite e Juninho Paulista como forma de retaliação por não aceitarem a Copa América no Brasil. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (9).

LEIA MAIS: Paquetá repete na Seleção Brasileira gol marcado pelo Flamengo; assista

A publicação assinada por Alex Sabino e Carlos Petrocilo afirma que Ricardo sugeriu que Caboclo demitisse funcionários da entidade, diretores, e se livrasse de alguns vice-presidentes. Assim, para o lugar de Tite, nome que gerava maior desconforto após entrevista afirmando insatisfação no elenco da Seleção, indicou o português Jorge Jesus, que treinou o Flamengo.

Além do Mister, o Vice-Presidente de Futebol rubro-negro, Marcos Braz, teria sido indicado para o lugar de Juninho Paulista, coordenador de seleções. Para o ex-chefão da CBF, a dupla, que editou parceria multicampeã no Flamengo em 2019, seria uma forma de amenizar a má repercussão das demissões. Mas antes de tomar qualquer medida, Rogério foi afastado pelo Comitê de Ética da confederação, por 30 dias, no último domingo (30).

Contudo, Tite foi confirmado à frente da equipe. Atualmente Jorge Jesus está no comando do Benfica. Apesar de temporada sem títulos, o clube português confirmou sua permanência.

Sem Jorge Jesus e com Tite, jogadores da Seleção divulgaram manifesto contra a Copa América

Após a vitória sobre o Paraguai por 2 a 0 pelas Eliminatórias da Copa, na noite desta terça-feira (8), os jogadores da Seleção Brasileira divulgaram um manifesto público contra a realização da Copa América. Através das redes sociais, o atletas demonstraram preocupação com o evento em meio à pandemia. Entretanto, reafirmaram que vão disputar o torneio. Gabigol e Everton Ribeiro também colocaram a mensagem em seus perfis pessoais.

CONFIRA: Adeus, Coringa: Gerson não é mais jogador do Flamengo; relembre a trajetória

A manifestação conjunta com críticas à Conmebol era esperada desde a semana passada. Durante a coletiva de imprensa, a comissão técnica apoiou o gesto. De acordo com o zagueiro Marquinho, capitão da Seleção nesta noite, em momento algum eles falaram em não jogar a Copa América. Mas confirmou que todos estavam insatisfeitos e não queriam levar para o lado político.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro: Clique aqui e seja nosso apoiador!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs