Rogério Ceni fala sobre críticas e faz pedido para a torcida do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Yago Martins — O Flamengo se sagrou octacampeão Brasileiro na noite da última quinta-feira, 25, no Morumbi, e teve quatro representantes na premiação Bola de Prata: Gerson, Isla, Arrascaeta e Rogério Ceni.

Eleito o melhor treinador da competição, Ceni tratou com naturalidade sobre o tema críticas, e pediu um apoio maior da torcida rubro-negra.

”Acho que a gente não precisa dar respostas sobre críticas, faz parte, é uma profissão onde você é julgado toda quarta e todo domingo. Um clube acostumado a vencer, um clube de massa, de muita torcida, dificilmente você vai conseguir agradar a todos.

O que eu espero é que através dessa conquista, a gente possa ter uma proximidade maior, que a gente possa estar mais junto, que a gente possa acreditar que é possível conquistar. E eu tenho certeza, convicção, que é possível conquistar novos títulos ainda neste ano já.”

Confira abaixo a entrevista na íntegra

Leia também: É Octa! Confira as fotos dos bastidores do título do Flamengo

O jogo

Escalações:

São Paulo: Volpi; Diego Costa, Arboleda e Bruno Alves; Igor Vinícius, Luan, Tchê Tchê, Daniel Alves e Wellington; Luciano e Pablo

Flamengo: Hugo Souza; Maurício Isla, Gustavo Henrique, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Gerson, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol

A partida começou com as duas equipes se estudando muito, e aos seis, Gabigol finalizou para fora, após cruzamento do uruguaio Arrascaeta. No minuto 12, Filipe Luís cruzou na área, e Gustavo Henrique obrigou Volpi a fazer uma grande defesa.

O jogo continuou tenso, e o Flamengo tinha muitas dificuldades de criação. Aos 25, Filipe Luís arriscou de fora da área, e chutou sem direção. A equipe adversária estava muito violenta, e quando o relógio marcou 39 minutos, três atletas já estavam com cartão amarelo: Daniel Alves, Tchê Tchê e Arboleda. No minuto 40, outro cruzamento pela esquerda, Bruno Henrique cabeceou e quase Gabi chegou na bola para marcar. E o primeiro gol do jogo veio aos 49: Hugo Souza monta mal a barreira, Luciano bate a falta e abre o placar: 1 a 0.

Na etapa complementar, Ceni não mexeu na equipe, e o Flamengo tentou o empate aos dois com Gabigol, que aplicou uma bicicleta sem sucesso. O gol do empate rubro-negro veio aos cinco: cruzamento na área, Gustavo Henrique escorou de cabeça e Bruno Henrique marcou: 1 a 1.

Aos 13, Hugo Souza entregou novamente: o goleiro sai jogando errado, Daniel Alves ganha a disputa e toca para Pablo ampliar: 2 a 1 São Paulo. Rogério começou a mexer aos 21: Gabigol deixou o campo para a entrada de Pedro. E em sua primeira jogada, o camisa 21 já levou perigo.

Pedro ganha na velocidade, cruza na área e tenta achar Bruno Henrique, que cabeceia para fora. No minuto 27, Rogério chamou Matheuzinho e João Gomes, que entraram nos lugares de Diego e Maurício Isla. Porém nada adiantou.

O Flamengo não teve mais força para empatar o jogo, porém com o empate em 0 a 0 entre Inter e Corinthians, o título veio.

Flamengo octacampeão Brasileiro!

Yago Martins no Twitter e Instagram

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

Notícias do Flamengo

Blogs