Rubro-negros encontram dificuldades para comprar camisa do Flamengo fora do Brasil

Torcedores que moram em outros países alegam dificuldades para comprar produtos oficiais do Flamengo

No contrato firmado em 2012, a Adidas propôs integrar a camisa do Flamengo ao seu catálogo internacional a partir de 2014. No entanto, seis anos depois, os flamenguistas que moram fora do Brasil seguem com dificuldades para comprar um produto oficial do clube. Torcedores só conseguiram encontrar o fardamento na Polônia e na Suíça através do seu site em cada país.

LEIA MAIS: Athletico-PR x Flamengo: onde assistir, prováveis escalações e tudo sobre a partida

Na Polônia, a camisa está sendo vendida por 379 zł, o equivalente a R$ 554,00. Para se ter uma ideia, uma camisa de times como Manchester United e Real Madrid variam entre 279 zł a 379 zł no site da Adidas no país. Além da venda tardia, a dificuldade para conseguir comprar produtos oficiais do Flamengo é a principal queixa dos torcedores que moram fora do Brasil.

O flamenguista Victor Hugo Rocha mora na Polônia desde março de 2018, e conta como faz para comprar algum produto oficial do Flamengo morando no país. “Todas as camisas que eu tenho, eu comprei enquanto morava no Brasil ou quando fui para o Brasil em maio do ano passado. Nunca comprei no site da Adidas porque nunca esteve disponível. Chegou esse ano, há poucos dias, inclusive”, afirma.

Já na Suíça, o manto sagrado está custando chf 99,95, o correspondente a R$ 624,00. O valor é o mesmo de camisas de times como Bayern de Munique e do Juventus no site oficial da Adidas. O brasileiro Patrick Browne mora na Suíça há 8 anos e relata que também tem dificuldade para comprar produtos oficiais do Flamengo morando fora do Brasil.

“Nunca comprei camisa do Flamengo morando fora, e um dos principais motivos é porque é basicamente impossível de achar. Acho que só vi uma vez em loja, não aqui, mas em viagens pelas capitais europeias. Já faz muito tempo, mas acredito que tenha sido em Londres”, disse.

OUTRAS NOTÍCIAS: Confira as imagens da camisa do Flamengo reprovada por Conselho Deliberativo e repercussão nas redes sociais

O torcedor ainda disse o que acha sobre o preço cobrado pela camisa na Suíça: “Compro online no Brasil mesmo e pego na casa dos meus pais quando vou, ou se alguém vier para cá. Além da pouca disponibilidade, com esse nível de preço, não dá para pagar mais de R$ 600,00 numa camisa que no Brasil, mesmo também sendo caro, sai pela metade do preço.”

Além da camisa oficial, o torcedor também criticou a não distribuição de produtos do Flamengo voltados para o público infantil. “Há quantos anos o Flamengo não tem mascote oficial para venda? É de um amadorismo profundo que o único bicho de pelúcia oficial seja o ‘cavalinho do Fantástico’. A Adidas costumava fazer o mini kit do Flamengo, mas começou a sumir aos poucos das lojas. Comprei em 2018, penei para achar em 2019 porque as lojas alegavam ter esgotado até que consegui comprar, mas agora em 2020 nem como esgotado aparece. Estão mandando bem ‘pra caramba’ com o Flamiguinhos, mas não tem como comprar uniforme oficial em tamanho menor que 8 anos de idade. Enquanto isso, no site da Adidas tem mini kit do Real Madrid, por exemplo”, pontua.

Torcedores do Flamengo que moram nos Estados Unidos também reclamam da falta de distribuição de camisas do Flamengo em território americano. “Moro nos EUA há 16 anos e nunca comprei no site ou na loja física da Adidas porque nunca consegui. Inclusive, o site do Flamengo no Brasil não manda para fora do país, o que dificulta muito para quem mora aqui. Tenho um colega que é distribuidor da Adidas e só consigo comprar por ele”, disse Jones Freire, fundador da embaixada Fla USA Salt Lake City.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp

O Manto Sagrado nos EUA custa US$ 90, o equivalente a R$ 510,00. O torcedor Leonardo Prado diz o que acha sobre o valor e conta a única experiência que teve ao encontrar uma camisa do Flamengo em lojas físicas durante os 15 anos em que mora nos Estados Unidos. “Eu particularmente acho caro. Sou colecionador de camisas e só compro modelos que entram na promoção que custam abaixo de US$ 30. Uma vez, eu vi camisas infantis modelo 2015 por US$ 30 em uma loja outlet da Adidas. Comprei as três que tinham e doei para uma fundação em Moçambique, em uma ação beneficente”, lembra.

Internacionalização da camisa do Flamengo foi promessa da Adidas

Desde 2012, o Flamengo e a Adidas fecharam um contrato válido até o ano de 2023. Entre as cláusulas previstas, está a promessa da Adidas em integrar a camisa oficial do Mais Querido ao chamado por “Clube Top Global”, o top five do catálogo de camisas da marca vendidas internacionalmente, que inclui clubes como Real Madrid e Bayern de Munique.

A inclusão do Flamengo ao top five da Adidas também prometia distribuição mundial da camisa do clube nas lojas da marca ao redor do planeta. Esse plano de internacionalização do Manto Sagrado estava previsto para acontecer a partir de 2014, mas, segundo relatos de torcedores que moram fora do Brasil, não é o que tem sido feito na prática.

Na última segunda-feira (26), o site americano Footy Headlines divulgou uma notícia categorizando os níveis de patrocínio da Adidas com os clubes de futebol, formados por uma pirâmide que se divide em cinco grupos: elite, premium, standard, 3rd party e no contract.

O “elite” seria o top five, composto pelos cinco principais times integrados ao catálogo internacional da marca. O curioso é que o Flamengo não faz mais parte desse grupo, o que invalida a promessa feita pela Adidas ao clube há 8 anos atrás, quando ambos fecharam o contrato de fornecimento de material esportivo após rompimento com a Olympikus.

De acordo com o site, o Flamengo faz parte agora do segundo grupo, o premium. Desse nível de patrocínio na pirâmide, fazem parte clubes como River Plate e Ajax.

O Mundo Rubro Negro procurou a Adidas para comentar sobre o assunto, porém não obteve retorno até o momento.

*Créditos da imagem destacada no post: adidas.com

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here