27.5 C
Rio de Janeiro
terça-feira, novembro 24, 2020

‘Sabia que o trabalho ia ser bem feito’, afirma Rafinha sobre Domènec

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado e contra o corporativismo.

Ex-Flamengo, lateral-direito Rafinha exaltou o trabalho do treinador catalão e afirmou que ainda mantém contato com elenco

Mesmo longe, o lateral-direito Rafinha continua acompanhando o Flamengo. Após a derrota do Olympiacos para o Porto por 2 a 0, no Grupo C da Champions League, o jogador comentou o desempenho do técnico Domènec Torrent aos canais Esporte Interativo. De acordo com o camisa 13, ele não estava errado quando disse que o catalão era um grande treinador.

LEIA MAIS: Rafinha revela bastidores com Jorge Jesus: ‘Muitas brigas eu e ele’

Segundo Rafinha, o Rubro-Negro novamente domina o futebol nacional e isso tem a ver com Dome. Rasgando elogios, o lateral falou com carinho sobre seus tempos no clube carioca: “Já sabia que o trabalho do Dome ia ser bem feito. Agora o Flamengo está aí arrebentando e eu não estava errado quando falei que ele era um grande treinador. Desejo muita sorte ao Flamengo para que continue ganhando tudo, tenho muito carinho e é um clube que aprendi a gostar muito e amar”, afirmou o jogador do Olympiacos.

Contratado pelo Flamengo em junho de 2019, Rafinha voltou para a Europa em agosto após uma temporada histórica sob comando do Jorge Jesus. Quando questionado se ainda acompanhava o clube, o jogador declarou que ainda mantém contato com quase todos os atletas do atual elenco:

OUTRAS NOTÍCIAS: Flamengo x São Paulo: onde assistir, prováveis escalações e tudo sobre a partida

“Criei um laço muito forte com essa rapaziada aí, com os funcionários desse clube, a identidade. Incorporei mesmo essa vida de flamenguista. De um cara que trabalha para esse clube, que gosta desse clube. Foi o que eu aprendi nesse ano que fiquei aí: a gostar do Flamengo, a amar o Flamengo. Assisto quando posso, falo sempre com meus amigos daí, ligo sempre para os meninos, falo com os funcionários. Saí daí, mas estou aí ainda. Sempre falo com o pessoal, sempre dando uma força, falando com os moleques mais novos, que são meus filhos. Fico muito feliz. Os moleques estão arrebentando”, disse Rafinha.

Com a camisa do Flamengo, o lateral-direito foi campeão Brasileiro, da Libertadores da América, Carioca, da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp


*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo

Leia também

Notícias do Flamengo

Gabigol com a camisa do Boca gera discussão acalorada em programa argentino; assista

Gabigol posou para tirar foto com a camisa do Boca nas dependências do clube. Todos os detalhes você encontra no site do Mundo Rubro Negro

Veja as escalações que Ceni pode utilizar para Racing x Flamengo

Ceni terá os retornos de Filipe Luís e Gabigol para escalar a equipe que enfrentará o Racing nesta quarta, às 21h30. Detalhes no MRN

Willian Arão revela treinos de Rogério Ceni e mudança em relação a Domènec

Willian Arão projetou jogo difícil contra o Racing, mas revelou que o Flamengo não pretende mudar o estilo e vai jogar de forma ofensiva

Cano dá dicas ao Racing e exalta Flamengo: ”Jogam em outro nível”

Em entrevista ao Diario Olé, atacante do Vasco elogiou o Flamengo. Todos os outros detalhes na matéria do site Mundo Rubro Negro

‘Nenhum interesse’, diz Marcos Braz sobre Renato Gaúcho para substituir Domènec

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, afirma que o nome de Renato Gaúcho não foi cogitado para substituir o ex-técnico do clube

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro

O Flamengo existe porque a vida não basta

Cada um viu um filme diferente. De alguma forma, porém, todos aqueles filmes eram o mesmo. O mosaico do que é ser Flamengo

Quatro marcados, cinco perdidos: o “Pênalti para o Flamengo!” assusta em 2020

Vitinho perde o 5º pênalti do Flamengo em 2020; na temporada, o aproveitamento do clube carioca em cobranças de pênalti é inferior a 50%