Exames de outros atletas estão sendo enviados ao clube e casos podem aumentar

MRN Informação | Bruno Guedes – Twitter: @eubrguedes

 O zagueiro Rodrigo Caio, o goleiro Gabriel Batista, o lateral esquerdo Renê e o vice-presidente de futebol testaram positivo para a Covid-19. Os dois são os mais novos casos da já enorme lista de infectados que quase levou ao adiamento da partida contra o Barcelona SC, na última terça-feira (22). Ambos desembarcaram no Rio de Janeiro na manhã desta quarta e estão em exames numa clínica na Zona Sul.

LEIA TAMBÉM: ”Flamengo fez bobagem e agora está pagando o preço”, afirma comentarista sobre casos de Covid-19

Segundo informações, Braz foi orientado a ficar de quarentena por cerca de 10 dias, já que o coronavírus está em seu organismo há cerca de uma semana. Já Rodrigo seguiu para o isolamento e já repassou aos médicos da Seleção Brasileira sobre seu estado de saúde. O jogador foi convocado pelo técnico Tite.

MAIS NOTÍCIAS: Após vitória, Domènec dispara: ‘Um time precisa de tempo. Se não entenderem isso, não posso explicar ‘

Todos os jogadores estão refazendo exames que foram realizados no Aeroporto do Galeão. Neste momento, o Flamengo tem preocupação com os membros mais velhos da delegação. Os testes destes profissionais ainda não foram divulgados ainda.

Antes da partida, sete jogadores do elenco também testaram positivo: Isla, Matheuzinho, Filipe Luís, Diego, Vitinho, Bruno Henrique e Michael,. Além deles, o médico Márcio Tanure e do dirigente Juan, apresentaram quadro do coronavírus durante a passagem rubro-negra pelo Equador. Por conta do surto dentro da delegação, o Flamengo pediu à CBF o adiamento da partida contra o Palmeiras, no domingo (27). A entidade ainda não respondeu.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp.