No decorrer desta sexta-feira (26), o Flamengo soltou uma nota em seu site oficial anunciando a transmissão da partida contra o Boavista. Entretanto, a exibição só poderá ser de fato confirmada após o Poder Judiciário decidir sobre o pedido em ação da Globo, que tenta impedir a transmissão do duelo.

Na expectativa, o Mundo Rubro Negro promoveu uma enquete em seu Twitter que contou com mais de 2 mil votos. Ao ser perguntado qual seria a quantidade de pessoas assistindo simultaneamente Flamengo x Boavista na Fla TV, 55.3% apostam em 4 milhões ou mais.

A opção com 2 milhões ficou em segundo com 20.5%, seguido de 3 milhões com 12.3% e por último, 1 milhão recebendo 11.9% dos votos.

Na primeira partida que a Fla TV transmitiu com imagens, o pico foi de 1 milhão de pessoas. Na ocasião, o rubro-negro venceu a Portuguesa-RJ por 2 a 1, com gols de Vitinho e Arrascaeta.

Leia na íntegra a nota oficial do clube confirmando a transmissão

Conforme noticiado pela mídia, a Globo entrou com uma ação judicial para impedir a transmissão do jogo do Flamengo contra o Boavista, na próxima quarta-feira, e o Poder Judiciário deverá decidir sobre esse pedido nos próximos dias. Portanto, se não houver impedimento judicial, no dia 1º de julho será dado um passo importante para o futebol brasileiro: pela primeira vez, o Flamengo irá fazer toda a produção e transmissão de uma partida oficial de futebol profissional em seu canal próprio, a FlaTV. O jogo será válido pela quinta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Os 42 milhões de torcedores do time, que formam a Maior Torcida do Mundo, poderão acompanhar a programação pela internet, começando a assistir à transmissão da FlaTV ao vivo, direto do estádio Maracanã, a partir de duas horas antes da partida. O pré-jogo levará aos espectadores matérias exclusivas e muita resenha, com o locutor Emerson Santos e os comentaristas Alexandre Tavares e Raul Plassmann, goleiro campeão do mundo pelo Flamengo.

Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo, destacou a grande transformação que pode acontecer no futebol com a aprovação da MP 984/2020 pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal.

“É um marco para o futebol brasileiro. Com a MP, todos os clubes, além de se fortalecerem, ganhando maior poder de negociação, poderão fazer ações como esta para suas torcidas. Estamos trabalhando muito para oferecer uma transmissão de alto nível para todos nossos torcedores, nosso maior patrimônio. Essa transmissão representa a democratização do espetáculo. Ficaremos felizes em proporcionar essa alegria à torcida em um momento de tanta adversidade”, disse. O dirigente ainda chamou atenção para as mudanças na forma de se consumir o esporte nos últimos anos.

“O mundo mudou e o futebol precisa acompanhar as novas tecnologias e necessidades do mercado e do torcedor. Caso seja aprovada no Congresso Nacional e se converta em lei, essa MP vai possibilitar a universalização do acesso do consumidor ao conteúdo futebol nas mais diversas plataformas, aumentando sua liberdade de escolha. Será um enorme legado para o futebol brasileiro”, concluiu.

O Flamengo está negociando com diversas empresas para o patrocínio da transmissão, que deverá alcançar uma audiência recorde no canal do clube.

Créditos de imagem destacada: Divulgação/Flamengo