Treta: Sormani enaltece Flamengo e deixa Facincani furioso; assista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Yago Martins — Uma polêmica deixou os ânimos exaltados durante o programa Bate Bola Debate, desta sexta-feira, 26, na ESPN. Enquanto elogiava o momento de títulos do Flamengo, Fábio Sormani apontou que a conquista da Libertadores do Palmeiras, foi muito mais uma perda do Fla, do que méritos do clube paulista. O comentário deixou Felipe Facincani irritado.

“Se o Flamengo tivesse tido seus dirigentes com o mesmo comportamento que teve na temporada passada, o Flamengo teria feito, nesta temporada, o que fez na temporada passada, ou seja, ganhava de novo o campeonato com 16, 17, 20 pontos em relação ao segundo colocado. Essa é a distância do Flamengo para os outros times aqui do Brasil. ‘Ah, mas o Palmeiras foi campeão da Libertadores’. Verdade. Parabéns ao Palmeiras, mas acho que foi muito mais uma perda do Flamengo do que uma conquista do Palmeiras”, disse Sormani.

“Ah, não. Me desculpa… Desculpa. Pelo amor de Deus! Não preciso nem terminar de falar. Depois dessa, até me retiro”, disparou Facincani.

Assista o vídeo abaixo

Leia também: Gerson comemora premiação e faz revelação sobre a festa do título

Flamengo Octacampeão Brasileiro

Escalações:

São Paulo: Volpi; Diego Costa, Arboleda e Bruno Alves; Igor Vinícius, Luan, Tchê Tchê, Daniel Alves e Wellington; Luciano e Pablo

Flamengo: Hugo Souza; Maurício Isla, Gustavo Henrique, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Gerson, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol

A partida começou com as duas equipes se estudando muito, e aos seis, Gabigol finalizou para fora, após cruzamento do uruguaio Arrascaeta. No minuto 12, Filipe Luís cruzou na área, e Gustavo Henrique obrigou Volpi a fazer uma grande defesa.

O jogo continuou tenso, e o Flamengo tinha muitas dificuldades de criação. Aos 25, Filipe Luís arriscou de fora da área, e chutou sem direção. A equipe adversária estava muito violenta, e quando o relógio marcou 39 minutos, três atletas já estavam com cartão amarelo: Daniel Alves, Tchê Tchê e Arboleda. No minuto 40, outro cruzamento pela esquerda, Bruno Henrique cabeceou e quase Gabi chegou na bola para marcar. E o primeiro gol do jogo veio aos 49: Hugo Souza monta mal a barreira, Luciano bate a falta e abre o placar: 1 a 0.

Na etapa complementar, Ceni não mexeu na equipe, e o Flamengo tentou o empate aos dois com Gabigol, que aplicou uma bicicleta sem sucesso. O gol do empate rubro-negro veio aos cinco: cruzamento na área, Gustavo Henrique escorou de cabeça e Bruno Henrique marcou: 1 a 1.

Aos 13, Hugo Souza entregou novamente: o goleiro sai jogando errado, Daniel Alves ganha a disputa e toca para Pablo ampliar: 2 a 1 São Paulo. Rogério começou a mexer aos 21: Gabigol deixou o campo para a entrada de Pedro. E em sua primeira jogada, o camisa 21 já levou perigo.

Pedro ganha na velocidade, cruza na área e tenta achar Bruno Henrique, que cabeceia para fora. No minuto 27, Rogério chamou Matheuzinho e João Gomes, que entraram nos lugares de Diego e Maurício Isla. Porém nada adiantou.

O Flamengo não teve mais força para empatar o jogo, porém com o empate em 0 a 0 entre Inter e Corinthians, o título veio.

Flamengo octacampeão Brasileiro!

Notícias do Flamengo

Blogs