Trio de ataque do Flamengo soma mais gols do que Vasco e Botafogo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Paulo Oliveira O Flamengo chega a última partida da temporada dependendo apenas de si para conquistar o título brasileiro, uma vitória simples sobre o São Paulo será o suficiente para o Rubro-Negro sagrar-se octacampeão do torneio nacional.

Muito disso se deve ao grande poder de artilharia do clube carioca. Os três artilheiros do Fla na temporada, Gabriel, Pedro e Bruno Henrique, somados tem 35 gols, número que se torna mais expressivo quando comparados aos do Vasco (34) e Botafogo (31). Além dos rivais cariocas, outros três clubes tem o número de gols inferior ao trio de ataque do Mais Querido, são eles: Fortaleza (34), Sport (31) e Coritiba (30).

Veja mais: Poder de fogo! Trio de ataque do Flamengo tem mais gols que Vasco e Botafogo em 2020

O Flamengo tem o melhor ataque do Campeonato Brasileiro com 67 gols, sendo 14 marcados por Gabriel, 13 por Pedro e 8 por Bruno Henrique. Gabi, que é o artilheiro do Fla no campeonato e na temporada, foi eleito o ‘Craque da galera’ com mais de 200 mil votos.

O Rubro-Negro volta a confiar no poder de seu ataque nesta quinta-feira quando enfrenta o São Paulo no Morumbi. Além do título, o clube carioca busca quebrar a sequência sem vencer o Tricolor Paulista que já dura oito jogos. A bola irá rolar às 21:30 para a última rodada do Campeonato Brasileiro.

No último fim de semana, na partida contra o Internacional, Gabigol deixou sua marca e decidiu o jogo para o Mengão! Pedro também estufou as redes mas o VAR anulou, confira como foi a partida:

Flamengo x Internacional

Escalações

Flamengo: Hugo Souza; Maurício Isla, Gustavo Henrique, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Gerson, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenílson e Patrick; Caio Vidal, Praxedes e Yuri Alberto

O jogo começou com as duas equipes se estudando, e a primeira finalização do Flamengo foi aos sete minutos, com Bruno Henrique de fora da área. Dois minutos depois, Gustavo Henrique puxa Yuri Alberto dentro da área e o árbitro marca pênalti. Edenílson cobra e marca: 1 a 0 Internacional.

O Flamengo sentiu o gol, e só a partir dos 15 minutos começou a esboçar uma reação, com Gerson tentando conduzir a equipe ao empate e deu certo. Aos 28, Bruno Henrique recebeu na esquerda, driblou Rodinei e rolou para trás pra Arrascaeta empatar: gol do Flamengo, 1 a 1. O Mais Querido tinha a bola, e chegou a ter 61% de posse de bola aos 36 minutos, porém sem criar nenhuma grande chance de fazer o segundo gol. Os visitantes quase voltaram a ficar na frente no placar aos 43: Rodinei ganhou na direita e finalizou no travessão. E nada mais aconteceu no primeiro tempo.

Na etapa complementar, o jogo começou quente, e logo aos 2 minutos, o VAR chamou o árbitro para analisar uma possível expulsão de Rodinei, após falta em Filipe Luís, e aplicou o cartão vermelho ao lateral-direito. Imediatamente, Rogério Ceni chamou o Pedro para substituir Isla.

Aos 12, Rodrigo Caio e Diego Ribas sentiram, e João Gomes e Natan entraram. E o gol da virada veio aos 17: Arrascaeta tocou por trás, e Gabigol balançou as redes: 2 a 1 Flamengo. Um minuto depois, Ceni novamente mudou, e chamou João Lucas para substituir Gabriel Barbosa. Aos 35, Pedro chegou a fazer outro gol para o Flamengo, porém, o bandeira assinalou impedimento.

O Flamengo teve outro gol anulado pelo VAR: aos 47, Pedro ganhou do Lucas Ribeiro, driblou o goleiro, mas o árbitro anulou. Mas foi isso: Flamengo 2 x 1 Internacional.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs