Compartilhar:

Por Téo Benjamin – Twitter: @teofb

Novo vídeo! Agora tentei mostrar os motivos da insistência de Jorge Jesus na vinda de um camisa 9. Precisamos ir muito além da discussão sobre “quem sai do time”! Veja:

Continuando, aqui falo da segunda razão importante para a vinda de um centroavante usando o exemplo do holandês Bas Dost, contratado por Jesus no Sporting.

Alguns pontos importantes para complementar o vídeo:

Balotelli se encaixa nesse perfil?

Sim. Apesar de ser apenas 5cm mais alto que BH (1,89m x 1,84m), é 17kg mais pesado (88kg x 71kg)! O @Dryzinho_praero colocou um vídeo em que dá pra ver.

Llorente também se encaixa, claro. É muito alto e pesado (1,95m e 90kg) e é especialista justamente em dominar de costas. Perfeito para fazer a retenção da bola longa. Inclusive foi fundamental para o Tottenham contra o Ajax fazendo justamente isso:

Jesus falou sobre o “9 e meio” logo depois do jogo contra o Botafogo: “Na zaga, não precisa. Acredito nos jogadores que temos. Thuler, Rhodolfo, o próprio Dantas… Acho que temos soluções. Agora, para frente não tem. Temos uma equipe com cinco volantes, quatro laterais direito, seis centrais, mas olha para frente e não vê um centroavante. Tem um 9.5 que é o Bruno, outro que é o Gabi, mas não tenho um 9”.

Leia também no Blog do Téo

É claro que entendi o que ele quis dizer. BH e Gabriel não são “9 puros”, mas quis também mostrar qual é a definição exata de “9,5” – um termo que, se não estou errado, vem da Holanda.

Robin van Persie se definia assim. Wayne Rooney e até Francesco Totti poderiam ser considerados “9,5”. Hoje Dusan Tadic, do Ajax, é um ótimo exemplo. Há quem diga que Harry Kane é mais 9,5 do que 9, apesar de ser muito alto.

Ao lado dos grandalhões, ele teve Saviola, Rodrigo e Lima no Benfica. Teo Gutierrez no Sporting. Depois, o meia Bruno Fernandes chegou e foi jogar bem próximo da área, logo atrás de Bas Dost. Não era exatamente uma dupla de ataque, mas funcionava quase como uma.

Acho que é isso por hoje. O Mister quer um 9, mas não devemos imaginar um cone cheio de músculos parado na área e acredito que nem mesmo um titular absoluto que desbanca todo mundo em qualquer jogo. O 9 vem para dar alternativas ao Flamengo.

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: