Compartilhar:

Michael se juntará a Pedro Rocha, Gustavo Henrique e Thiago, reforços do Flamengo para 2019

O Flamengo acertou na tarde desta sexta-feira (10) a contratação do atacante Michael, que pertencia ao Goiás. O clube Esmeraldino confirmou oficialmente a venda ao rubro-negro, e já publicou em suas redes sociais uma mensagem de despedida ao jogador, que deve ser anunciado pelo Fla nas próximas horas.

Michael deve assinar com o Flamengo um vínculo de quatro anos de contrato. O clube da Gávea desembolsou cerca de R$ 40 milhões pela aquisição do atacante, parcelado em três vezes. É a quarta maior contratação da história do Mengo.

Leia: Vitinho pode ser negociado em caso de boa proposta

PERCENTUAL DO JOGADOR

O que emperrava a negociação, foi resolvido durante a reunião que acabou hoje, por volta de 12h. O Goiás vendeu os 75% de Michael que tinha de direito. O Goianésia conseguiu manter 5% do atleta para uma futura venda, e o Flamengo ficou com 80%. O diferencial foi o jogador ceder 5% para o rubro-negro, ficando com 15%.

O empresário do atleta, Eduardo Maluf, é aguardado pelo atacante para partirem juntos ao Rio de Janeiro, enquanto as documentações entre os clubes são trocadas.

QUARTO REFORÇO

Michael é a quarta contratação do Flamengo para o restante da temporada. O rubro-negro já anunciou as chegadas dos atacantes Thiago e Pedro Rocha, e do zagueiro Gustavo Henrique.

Thiago: jovem revelação do Náutico que vai fazer parte da equipe sub-20 que disputa a Taça Guanabara.

Pedro Rocha: contratado junto ao Spartak Moscou por empréstimo de um ano.

Gustavo Henrique: assinou vínculo de quatro anos com o Flamengo, após ficar sem contrato com o Santos.

No Goiás desde 2017, Michael tem 23 anos. Baixinho de 1,66m de altura, o atacante tem a velocidade e o drible como maiores virtudes de seu futebol. No Brasileirão deste ano atuou em 35, dos 38 que o Goiás disputou. Nestas partidas fez nove gols e deu cinco assistências. Resultado suficiente para que a promessa fosse eleita a revelação da competição pela CBF, e pela ESPN no troféu Bola de Prata.

Compartilhar: