Vice do Internacional acusa o Flamengo de manipulação e diz que vai à CBF

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com. Siga no Twitter: @EuBrguedes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Bruno GuedesEm coletiva de imprensa depois da partida deste domingo, 21, o vice-presidente do Internacional, João Patrício Hermann disparou contra o Flamengo. Após o Colorado ser derrotado por 2 a 1, o dirigente acusou os rubro-negros de tentarem “manipular” o VAR. Segundo Hermann, os cariocas “ficaram lá embaixo pressionando o juiz” e ainda usou a palavra “surrupiado” para falar da expulsão do lateral-direito Rodinei.

Sem medir as palavras, Hermann afirmou que “diretoria e técnico do Flamengo tentaram manipular o VAR”:

“E o desespero de ver os dirigentes do Flamengo, praticamente invadindo o campo, o desespero do treinador, da comissão técnica, tentando manipular o VAR. É uma vergonha. O Flamengo é um grande clube, não precisa dessa atitude”, desabafou o colorado.

LEIA MAIS: Veja quanto o Flamengo pode faturar caso seja campeão

João Patrício reclamou ainda sobre onde os gaúchos ficaram no Maracanã. De acordo com ele, o presidente do Flamengo falou “olho no olho” sobre onde seria o posicionamento das duas diretorias no estádio. Entretanto, o vice afirmou que o dirigente mentiu para ele:

“Ele disse que toda diretoria do Flamengo ficaria lá em cima. Ele mentiu pra mim. (…) Estávamos nos dirigindo ao elevador e encontramos com ele. Pedimos para não subir todo mundo, como é praxe. Eles não deixaram. Esse é o Flamengo de hoje, todo poderoso, mas o homem lá de cima está olhando para nós”, disse.

VEJA TAMBÉM: Presidente do Internacional volta a atacar Marcos Braz e arbitragem

O vice continuou com as duras palavras sobre a partida. Acusando o árbitro Raphael Claus, Hermann disse que o Internacional foi roubado. E que vai acionar a CBF:

“Um escândalo o que a arbitragem fez aqui hoje. Ainda bem que o presidente da CBF estava aqui. Alguns diretores da CBF estavam aqui. E enxergaram esse descritério (sic) da arbitragem. Mas pode ter certeza que amanhã (segunda-feira) vamos na CBF. Nosso departamento jurídico está bastante atento a isso”, disparou o dirigente do Inter.

ASSISTA A COLETIVA COMPLETA DO INTERNACIONAL

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs