‘Vou injetar dinheiro no São Paulo para o Inter ser campeão’, diz torcedor que pagou multa de Rodinei

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com. Siga no Twitter: @EuBrguedes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Bruno Guedes – Se dentro de campo o Inter passou a não depender mais somente dos jogadores para ser campeão, fora dele terá uma ajuda importante. O empresário Elusmar Maggi, do Mato Grosso, afirmou que vai injetar dinheiro no São Paulo para o colorado ser campeão. A afirmação foi feita ao jornal Zero Hora na noite deste domingo, 21.

Maggi foi o torcedor que doou R$ 1 milhão ao Internacional para que o clube pudesse escalar Rodinei. Desta vez, o milionário prometeu fazer todo esforço financeiro possível para que o Tricolor Paulista vença o Flamengo:

“Vou injetar dinheiro no São Paulo para a gente ser campeão. Vou estudar com a minha parte jurídica como proceder amanhã (segunda-feira, 22). Vai ser 1 a 0 para a gente contra o Corinthians”, disse à reportagem do GZH.

Para que o Internacional seja campeão, precisa vencer o Corinthians e torcer que o Flamengo perca para o São Paulo. As duas partidas acontecem na quinta-feira, 25. O Rubro-Negro tem 71 pontos, dois a mais que o Colorado, e só depende de uma vitória simples para ser octacampeão brasileiro.

QUEM É ELUSMAR MAGGI, TORCEDOR DO INTER

Sócio do Grupo Bom Futuro, Elusmar e seu irmão Eraí são primos do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, que foi ministro da Agricultura no governo Temer. De acordo com a lista da revista Forbes em 2014, Maggi tinha fortuna avaliada em US$ 4,9 bilhões à época.

Dono de uma das maiores produções de soja do mundo, o torcedor colorado fez uma doação de R$ 1 milhão para que o Internacional escalasse o lateral-direito Rodinei. Segundo a equipe gaúcha, sem que qualquer contrapartida fosse exigida.

Maggi reclamou da expulsão do Rodinei e ainda usou de palavras preconceituosas para falar sobre a arbitragem:

“É que nem aquela história: “Tenho de fazer uma entrega no Rio de Janeiro e sei que vou ser roubado, mas tenho que ir lá”. Isso não existe, foi uma vergonha, o lance do Rodinei foi uma vergonha. Na quinta, vamos ser campeões”, disse à publicação.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs