Segundo o maior ídolo do Flamengo, diretoria foi soberba ao aceitar jogos em sequência por ter um plantel grande

MRN Informação | Bruno Guedes – Twitter: @eubrguedes

Maior ídolo do Flamengo, Zico criticou o clube por não se opor ao calendário que estabeleceu dois jogos em 48 horas. A declaração foi feita em seu canal, Canal Zico 10, nesta sexta-feira (16). Segundo o Galinho, “em lugar nenhum do mundo isso acontece” e portanto “tinha que peitar a CBF”. A equipe empatou com o Red Bull Bragantino por 1 a 1, na noite anterior, após maratona de cinco jogos em 12 dias.

LEIA TAMBÉM: Após segundo jogo em 48 horas, Domènec lamenta empate e alerta para risco de lesões: ‘Jogadores estão esgotados’

Para Zico, o Flamengo teve um pouco de soberba ao achar que tinha um elenco à altura da sequência de jogos: “Se você tiver soberba, que o Flamengo teve ontem (quinta), de achar porque tem um grande plantel pode suportar um time de maratona como esse, de jogar na terça e quinta-feira de novo, em lugar nenhum do mundo isso acontece”, afirmou o ex-camisa 10 em seu canal.

Subindo o tom, o maior artilheiro do Maracanã disse que o clube tinha que se opor à Confederação Brasileira de Futebol (CBF): “Tem que peitar! Tinha que peitar a CBF. (…) Você tem lá, Rodrigo Caio na Seleção e o Éverton Ribeiro. E se o Gabigol tivesse condição também estaria convocado. Então você tá emprestando três jogadores para Seleção Brasileira e vai se sacrificar para jogar dois dias depois? O que é isso? Não tem tempo. Então o Flamengo teve auto suficiência (sic) porque ‘ah nós temos um grande plantel e podemos jogar segunda, terça, quarta, quinta…’, futebol não é assim”, declarou.

MAIS NOTÍCIAS: Éverton Ribeiro deixa o campo com dores no joelho e será reavaliado

O craque também defendeu os jogadores e o técnico Domènec diante da perda de pontos no Maracanã: “Você tem um desgaste psicológico, físico… e foi o que aconteceu. Às vezes por mais que você queira, as pernas não aguentam! Não tinha que ter jogo! Bota lá pra dezembro, janeiro… quando tiver três dias (de descanso), ok. (…) Faltou humildade.”, afirmou o maior ídolo do Flamengo.

“Aí o time não jogou bem! Você vê, contra o Goiás jogou pra cacete. Tava ali todo mundo, jogou. Tirou dois, três, é normal. O Goiás é um time que deixa a desejar e o goleiro fez grandes defesas, perdeu chances de gol. Mas ontem não, o Bragantino ficou ali, o Flamengo não criou chances claras… por isso tinha que ter adiado para quando você tivesse tempo para jogar. Principalmente porque talvez tenha sido o time que mais cedeu jogadores pra Seleção do Brasil”, explicou sobre o mau resultado.

Lembrando a tabela do campeonato, André Plihal, jornalista da ESPN que também participava da live, destacou outros clubes com jogos atrasados. Zico, então, falou sobre os pontos perdidos que poderão fazer falta no final: “Exatamente, faltou humildade num momento como esse. E olha, são pontos que fazem falta. Porque perdeu dois pontos para um time que é penúltimo. Agora, lá na frente, você vai ter que ganhar de um Internacional, de um Atlético Mineiro, São Paulo, que estão ali brigando contigo, para recuperar esses pontos.”, disse.

O Flamengo volta a campo no domingo (18) para encarar o Corinthians, às 16h, na Neo Quimica Arena.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp


*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo