Braz admite negociações por Gerson e detalhes preocupam torcedores

MRN Informação | Bruno Guedes – Após o empate em 1 a 1 do Flamengo com o Fluminense, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, confirmou proposta do Olympique de Marselha, da França, por Gerson. De acordo com o dirigente, não há acerto. Mas em entrevista à Rádio Globo, admitiu que a diretoria deve se reunir mais uma vez com o time francês.

LEIA MAIS: Rogério Ceni sai insatisfeito da final e dispara: ‘Não matamos o jogo’; confira a entrevista

Marcos Braz negou que haja acerto entre os clubes para a venda de Gerson. Entretanto, confirmou que as negociações seguem. Segundo o VP, o Flamengo deve se reunir com o Olympique nos próximos dias. E destacou que a contratação foi um pedido do técnico Jorge Sampaoli, que comanda o time francês:

“Na segunda, na terça, talvez a gente ajuste algumas coisas para conversar com as pessoas. Ele já sabe do tamanho do Flamengo. Tirar jogador do Flamengo é difícil. Contratar o Gerson não foi fácil, não”, afirmou o dirigente.

- Advertisement -

Contudo, Marcos Braz não rechaçou ouvir propostas de outras equipes europeias interessadas em Gerson. De acordo com ele, o Rubro-Negro hoje pode escutar diversas sondagens e aceitá-las ou não:

“Até por educação, eu e Bruno (Spindel, diretor de futebol do Flamengo) devemos conversar com as pessoas de outros clubes, da Europa, do mundo inteiro. O Flamengo é assim no mercado. Vamos escutar propostas quantas vezes precisarmos. É um dever nosso”, disparou o vice-presidente sobre negociar ou não o Gerson.

Gerson virou prioridade do time francês para a próxima janela

Entretanto, as negociações em aberto preocuparam os torcedores do Flamengo nas redes sociais. Gerson se tornou uma das prioridades do Olympique de Marselha na próxima janela. Recém-contratado pelo clube e com passagem na última temporada pelo Brasil, o técnico Jorge Sampaoli quer o volante no seu time.

CONFIRA: Segue o líder: Record bate a Globo com Fluminense x Flamengo

O Olympique enviou o ex-atacante Túlio de Mello e um sócio francês, responsáveis pela negociação de Thuler com o Montpellier, para intervirem nas negociações. Mas o Flamengo deseja negociar a partir de 35 milhões de euros. Além disso, também é interesse do clube manter um percentual sobre os direitos econômicos do jogador.

Gerson foi contratado pelo Flamengo em julho de 2019. Ídolo da torcida e uma das principais armas do então técnico Jorge Jesus, o clube pagou 11,8 milhões de euros (R$ 49,7 milhões na época) junto à Roma. Mas caso venda o atleta, o clube terá que repassar 10% do valor para os italianos.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here