Compartilhar:

O camisa 14 foi o destaque do Mais Querido na goleada por 6 a 1 sobre o Goiás, com três gol e duas assistências

Bruno Vicente, do MRN Informação

Três gols, duas assistência, recorde de pontuação no Fantasy Game Cartola FC, eleito o Craque da Torcida e música garantida no Fantástico. A manhã deste domingo (14) foi extremamente perfeita para o uruguaio Giorgian De Arrascaeta. Contratado no início deste ano para ser “o cara” no setor ofensivo do Flamengo, o camisa 14 fez, certamente, sua melhor partida com o Manto Sagrado e ganhou o reconhecimento do técnico Jorge Jesus, em entrevista coletiva realizada após a goleada por 6 a 1 sobre o Goiás. 

Ao ser questionado sobre o desempenho do meio-campista durante os 90 minutos, o treinador destacou o poder ofensivo do atleta, mas lembou que ele ainda precisa melhorar no preenchimento de espaço quando não estiver com a bola. “Vocês conhecem o Arrascaeta melhor do que eu. Ele tem me surpreendido. É um jogador que pensa para frente, um jogador evoluído. Fez um um bom jogo, mas penso que ainda pode fazer melhor”, pontou o português. 

Contratado junto ao Cruzeiro, Arrascaeta fez até o momento 25 jogos com a camisa rubro-negra, somando Campeonato Carioca, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Libertadores da América. Nesse período, o uruguaio soma oito gols e seis assistência. Mas, apesar dos bons números, o camisa 14 nunca foi considerado titular na equipe que era comandada pelo antigo treinador Abel Braga. Nas vezes em que foi questionado, Abelão chegou a sugerir uma disputa por posição com o meia Diego Ribas. 

“Foi um jogo intenso e, hoje, acho que fizemos uma grande partida, tentando sempre ficar com a bola e atacando. Me senti muito bem. Tento ajudar com assistência ou gol, mas sair com a vitória vai ser sempre o mais importante. O sistema (do Jorge Jesus) vai ajudar o time a jogar. Ele quer sempre ficar com a bola e pegar os caras lá em cima. Hoje fizemos isso e conseguimos os gols”, avaliou o artilheiro do confronto. 

Por parte da imprensa, a chegada do jogador também foi constantemente colocada à prova. Sempre colocando o valor da transferência na frente do desempenho, Arrascaeta era alvo de críticas por parte de comentaristas esportivos, que não o viam como importante para o avanço ofensivo do Mais Querido. “Arrascaeta e Gabigol não foram pedidos do Abel. Jogaram na mão dele, para ele se virar”, disse o ex-lateral esquerdo Júnior, em uma de suas participações no programa esportivo Seleção SporTV. 

Recorde no Cartola

Além dos 45 milhões de corações rubro-negros, o camisa 14 fez a alegria de 2.314.494 times Cartola FC. Com 37.70 pontos, Arrascaeta tornou-se o maior pontuador do Fantasy Game em uma única partida, desbancando o recorde do atacante Neymar que, quanto atuava pelo Santos, fez 37.20. Segundo os scouts do jogo eletrônico, o rubro-negro somou três gols, suas assistências, uma finalização defendida, duas roubadas de bola, duas faltas sofridas e cinco passes errados. 

“Conheço o jogo. Às vezes os caras xingam o jogador por isso. Mas não temos muito que ligar para isso, mas sim para nosso time sair vitorioso a cada jogo”, finalizou o jogador. 

Com a vitória, o Mengão chega aos 20 pontos na competição e ocupa a terceira colocação na tabela, atrás de Palmeiras e Santos. O Flamengo, agora, volta suas atenções para a Copa do Brasil. Quarta-feira, o time recebe o Athletico-PR no Maracanã. No jogo de ida das quartas de final, houve empate em 1 a 1.

Crédito da imagem destacada: Alexandre Vidal/CRF

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: