Compartilhar:

Veja as notas e análises individuais no sofrido empate do Fla diante do Grêmio, pela quarta rodada do Brasileirão

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Na noite desta quarta-feita (19), Flamengo e Grêmio abriram, às 19h15, a quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Maracanã foi o palco para o primeiro embate dos times que protagonizaram grandes momentos em 2019, com o Rubro-Negro se dando bem tanto nos duelos do Brasileiro, quanto na épica semifinal da Libertadores.

De lá pra cá muita coisa mudou. Do lado mulambo, Jorge Jesus abandonou o projeto, Rafinha retornou para a Europa, um catalão ex-auxiliar de Pep Guardiola foi contratado. O tricolor de Porto Alegre não perdeu seu técnico, e Renato Gaúcho continua dando as cartas. Mas Jorge Jesus levou para o Benfica Everton Cebolinha, inegavelmente o principal jogador do seu elenco.

Foi mais um jogo em que o Flamengo não conseguiu impor alguns aspectos necessários para que a torcida, do conforto de suas arquibancadas domésticas, reveja aquele grande time que atuava com brio e confiança. Com os gols de Pepe e Gabigol, a partida acabou frustando mais uma vez a Nação Rubro-Negra, ansiosa pela retomada de um bom futebol do elenco bicampeão da América e heptacampeão do Brasil. O desjejum de Gabriel, aos 43 do segundo tempo, trouxe mesmo muito mais alívio do que propriamente comemoração.

Leia agora as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

NOTAS DA PARTIDA

Diego Alves: Foi um mero espectador só jogo, muito tranquilo na saída de bolo como sempre e não tinha muito o que fazer no lance do gol. Nota: 5,0.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

João Lucas: No primeiro tempo foi bem no apoio ao ataque, fazendo boas jogadas com Everton Ribeiro, defensivamente deixou a desejar, não ganhou uma bola aérea e fez muitas faltas nas disputas. Segundo tempo continuou mal na defesa e em uma das faltas que fez se machucou e saiu. Nota: 6,0.
Renê: Entrou improvisado na lateral invertida, foi melhor na defesa que o JL, no ataque tentou se apresentar e ajudar, mas não fez muito. Nota: 6,5
Por Caroline Menezes – Twitter @kaka_menezes07

Rodrigo Caio: Não fez uma boa partida, cometeu alguns erros que não vinha cometendo. Hoje sentiu a falta de organização do time na parte defensiva. Em alguns momentos chegou atrasado, em outros foi batido de forma até fácil no combate direto, e no gol estava mal posicionado. Noite ruim do nosso xerife. Nota: 4,5.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Leo Pereira: Alguém ativa o despertador do Leo Pereira porque ele esqueceu de acordar. Tiveram diversos lances ruins como a retirada de bola para a lateral quando estava indo para a mão do Diego Alves, bateu cabeça com o Rodrigo Caio e diversas vezes errou passes simples. A culpa do gol sofrido não foi do Leo Pereira, acho que é a única analise positiva dele que consigo dar. Nota: 4,0.
Por Millena Dourado – Twitter: @falconcrf_

Filipe Luís: Fez um jogo discreto, porém correto. Tomou um cartão bobo, mas tem crédito. Nota: 5,0.
Por Verônica Coutinho – Twitter: @Vevecoutinho

Arão: Apesar de ter iniciado o jogo com boa saída de bola, encontrando os companheiros com bons passes mesmo na pressão alta do Grêmio, pouco a pouco foi sendo engolido pelo meio campo do adversário, principalmente pela dupla Jean Pierre e Matheus Henrique. Foi visível a queda de produção, o que fragiliza a marcação do Flamengo, permitindo a infiltração de um jogador livre para marcar o gol do Grêmio. Fica a pergunta: está na hora de testar Thiago Maia? Nota: 5,0.
Por Danton Freitas

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp.

Gerson: Bem no primeiro , parece ainda longe do preparo físico ideal. 2° tempo perde fôlego e potência. Vem desarmando muito mas criando pouco. Nota: 5,0.
Pedro: Preencheu a área adversária no intuito de empurrar a zaga do Grêmio e exercer pressão. Nota: 5.0.
Por Ricardo Bitencourt – Instagram: @drbitenco

Everton Ribeiro: Vinha sendo o melhor jogador do Flamengo no primeiro tempo, correndo muito e tentando criar algo diferente no time. Inexplicavelmente, Domènec o substituiu. Um dos poucos jogadores que você vê entrega neste momento atual do time. Nota: 6,0.
Vitinho: Assim como todo o time, parece que está jogando sem vontade, apenas por obrigação. Nota: 4,0.
Por Ivo Jr – Twitter: @ivofsjr

Arrascaeta: Começou bem, trocando passes e se movimentando no meio. Infelizmente não conseguiu manter a qualidade no segundo tempo. Me parece que o esquema ainda não está bem entendido por ele e pelo time.
Nota: 5,5.
Por Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Bruno Henrique: Nitidamente fora de sua forma física e técnica, não tem acertado absolutamente nada no jogo, muito perdido em campo. É inacreditável como caiu a produção desde a volta do futebol depois da parada. Nota: 3,0.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Gabriel: Nosso artilheiro anda nervoso, reclama de tudo, leva cartão, lembra o Gabriel do início de 2019, talvez a seca de gol seja a responsável por isso, até procura bastante o jogo, mas erra quase tudo que tenta. Porém, está ali pra fazer gol, e fez, de pênalti, pra tirar a zica, que agora venha mais gols. Nota: 7,5 (pelo gol).
Por Caroline Menezes – Twitter @kaka_menezes07

Domènec Torrent: Noite ruim do nosso técnico, time começou bem, mas a partir dos 25 minutos do 1°tempo caiu de produção, a parte física parece estar pesando e com isso o time fica uma bagunça quando a perna pesa. No segundo tempo teve um domínio muito em função do recui excessivo do Grêmio, as substituições feitas não foram boas, primeiro improvisou um lateral de pé trocado, tendo um especialista no banco, depois desmontou o meio, tirou o melhor meia do time no jogo, ER e deslocou o Vitinho para a função de armador. Mexidas que bagunçaram ainda mais p time. Dome precisa fazer o básico nesse momento. Nota: 3,5.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo

Compartilhar: