Rogério Ceni explica queda no segundo tempo contra LDU e elogia equipe

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com. Siga no Twitter: @EuBrguedes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Bruno Guedes – Em entrevista após a vitória do Flamengo por 3 a 2 sobre a LDU, nesta terça-feira pelo Grupo G da Libertadores, o técnico Rogério Ceni elogiou o esforço da equipe na altitude. Entretanto, afirmou que o time sentiu no segundo tempo e por isso oscilou no desempenho. De acordo com ele, os jogadores fizeram a diferença e exaltou o talento dos atletas no Equador.

LEIA MAIS: SBT bate recorde de audiência em 2021 com LDU x Flamengo; confira

Segundo Ceni, trabalhar no Flamengo tem sido prazeroso. Para o técnico, o elenco rubro-negro oferece muitas possibilidades e desempenhos como o do primeiro tempo contra a LDU:

“Eu sou extremamente grato por trabalhar em um clube que oferece tantas condições. E principalmente trabalhar com jogadores tão especiais no dia a dia, que têm tanta capacidade técnica de resolver o jogo, que procura sempre o melhor para a equipe, que compram as ideias”, disse aos jornalistas.

Exaltando o talento dos atletas, Rogério Ceni disse ainda que mesmo na altitude de Quito, o time conseguiu apresentar bom futebol. Contudo, lembrou que a queda no segundo tempo está relacionada ao fato do cansaço pelo ar rarefeito:

“Mesmo jogando na altitude, mesmo jogando fora de casa, poderíamos fazer uma equipe bem defensiva, e continuamos com a proposta de tentar ganhar jogos. O que não podemos controlar é um segundo tempo como o de hoje, que o cansaço nós sabíamos que bateria”, destacou.

Rogério Ceni não sabe qual equipe deve entrar em campo pelo Carioca

Novamente sofrendo gols dos adversários, o treinador admitiu que há coisas a melhorar. Mas ressaltou também o empenho da equipe para jogar o que poderia:

“Eu acho que temos que ressaltar aqui o esforço máximo feito pelos atletas, pelo clube com fretamento para tentar chegar aqui nas melhores condições possíveis. E temos que comemorar coisas boas. Claro que sempre tem coisas para corrigir, mas temos que dar valor às coisas boas que acontecem no clube”, afirmou Rogério Ceni.

CONFIRA: Marcos Braz abre o jogo sobre Renato Augusto, Léo Pereira e Rogério Ceni

O Flamengo volta a campo no próximo sábado para fazer o jogo de volta da semifinal do Campeonato Carioca contra o Volta Redonda, no Maracanã. Entretanto, por conta da longa viagem e a altitude de Quito, Rogério Ceni não confirmou escalar força máxima:

“Aqui a gente tenta vencer o próximo jogo. Independente de qual campeonato, independente contra quem seja. Agora eu não vou ter condições de falar do jogo de sábado no dia de hoje, acabando o jogo com todos os atletas que participaram exaustos. Mas é preferível fazer uma avaliação a partir de quinta-feira, quando estivermos no Rio de Janeiro recuperando os jogadores. Sexta-feira começamos a montar a equipe que enfrenta o Volta Redonda no sábado”, finalizou.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs